Filha é presa após se inspirar em filme e matar o próprio pai carbonizado

O caso aconteceu em Embu-Guaçu, São Paulo, e a criminosa disse à polícia ter se inspirado no filme “Doce Vingança”

Resumo da Notícia

  • No último final de semana uma mulher foi presa após ser acusada de matar o próprio pai carbonizado;
  • O caso aconteceu em Embu-Guaçu, São Paulo, e a criminosa disse à polícia ter se inspirado no filme “Doce Vingança”;
  • Na produção a protagonista, vítima de estupro, mata seus abusadores.

No último final de semana uma mulher foi presa após ser acusada de matar o próprio pai carbonizado. O caso aconteceu em Embu-Guaçu, São Paulo, e a criminosa disse à polícia ter se inspirado no filme “Doce Vingança”, em que a protagonista, vítima de estupro, mata seus abusadores.

-Publicidade-

Segundo o jornal O Globo, a jovem teria premeditado o crime e jpa havia falado sobre o filme com a família. O namorado contou em depoimento à polícia, que o desejo da mulher era se vingar dos abusos que sofreu do pai quando criança.

Filha é presa após se inspirar em filme e matar o próprio pai carbonizado (Foto: Reprodução/ Facebook)

De acordo com a polícia, a mulher teria convidado o homem para fazer uma trilha, local onde teria ateado fogo no idoso, que morreu carbonizado. Foram funcionários da clínica de reabilitação em que o homem vivia que encontraram o incêndio e o corpo.

Cláudia Campos Veiga, de 41 anos, estava sendo procurada há mais de dois meses, quando foi encontrada na região de Praia Grande, no Espírito Santo.

(Foto: iStock)

Ela foi reconhecida por vizinhos, que acionaram a polícia. O caso segue em investigação, mas Claudia foi presa e deve ser transferida para uma penitenciária de São Paulo.