Filha reclama da comida e mãe é criticada por “exagerar na bronca”

Ela contou que a criança, de 9 anos, estava sendo muito rude com os pais e com outras pessoas, fazendo comentários negativos. Um dia, chegou “no limite” e acabou dando uma punição mais severa

Resumo da Notícia

  • Mãe é criticada nas redes sociais por dar bronca "muito severa" após filha reclamar da comida
  • Ela contou que a garota estava sendo muito rude recentemente
  • Então, ela decidiu dar a bronca
  • Os internauta, porém, não concordaram com a ação

Uma mãe foi brutalmente criticada nas redes sociais depois de punir a filha que insultou a comida que havia preparado para a família. A mulher anônima explicou que a filha de nove anos, Evelyn, tem “testado os limites” recentemente – dizendo comentários rudes e ofensivos do nada, incluindo criticar as roupas das pessoas, peso ou outras características físicas.

-Publicidade-
Os internautas acharam a bronca muito severa (Foto: Getty Images)

“Declarações absolutamente rudes que meu marido e eu nunca diríamos sobre ninguém, nunca”, acrescentou a mãe. “Sempre que ela faz esse tipo de comentário, temos discussões sérias com ela sobre como eles são inadequados e prejudiciais, e pedimos que ela pense antes de falar na próxima vez”, completou.

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

-Publicidade-

Ela continuou contando sobre a história em específico. Uma noite, quando chegou do trabalho, ela decidiu fazer um guisado de carne do zero enquanto o marido, que trabalha a noite, estava dormindo. Ela temperou o prato como de costume, com sal, pimenta e uma folha de louro. “Eu me sentia bem cozinhando para minha família e nem sequer parei para mudar de roupa de trabalho antes de começar. Meu marido acordou com o cheiro de ensopado e ficou tão feliz com a surpresa. Evelyn até disse que cheirava bem “, continuou ela.

Mas as coisas pioraram quando Evelyn experimentou o ensopado e disse: “Sem ofensa, mamãe, mas este ensopado é muito amargo. Talvez da próxima vez use apenas meia folha de louro” – a mãe não aceitou muito bem o comentário.  “Fiquei olhando para ela por uns bons 10 segundos, com meu queixo no chão. Eu tinha acabado de trabalhar um turno de 12 horas no hospital e voltar para casa para preparar o jantar do zero, apenas para vê-la insultar minha comida. Sinceramente, não tive certeza de como reagir. Fiquei magoada e com raiva, mas não gosto de levantar minha voz, e apenas conversar com ela sobre essas declarações no passado não mudou seu comportamento“, explicou ela.

A mãe admitiu que se o ensopado fosse mesmo amargo, ela teria rido, mas não era. “Meu marido concorda, tinha um gosto completamente normal. Eu verifiquei, e a folha de louro não estava na tigela dela, ainda estava na panela no fogão. Ela estava apenas tentando bolar uma maneira de me insultar”, continuou ela, como apontado pelo jornal britânico Mirror.

“Então, quando finalmente consegui responder, disse calmamente: ‘Se você não gosta do ensopado, não precisa comê-lo. Por favor, leve sua tigela para a cozinha e entre no banho. Você pode tomar café da manhã de manhã. Agora ela está chorando em seu quarto sobre como sou injusta, e meu marido acha que talvez eu tenha ido longe demais”, completou

“Eu esperava que talvez o desconforto de passar fome por uma noite a lembrasse de tomar cuidado com suas palavras no futuro. E se ela tivesse dito isso para minha mãe idosa em vez de mim? E se ela tivesse dito algo cruel para um de seus colegas e destruir a amizade? Eu não sei outra forma de fazer ela entender que as palavras podem machucar mais do que qualquer fome”, finalizou.

Vendo o relato, os internautas decidiram comentar e dar as próprias opiniões. A maioria disse que ela havia ido longe demais. “Ela magoou seus sentimentos ao chamar seu guisado de amargo. Nesse ponto, você deveria ter comunicado a ela que seus sentimentos estavam feridos e você se esforçou para fazer um jantar caseiro depois de trabalhar 12 horas. Em vez disso, você enviou seu criança para a cama com fome sem se explicar”, opinou um. Outro pensou que ela estava sendo “um pouco hipersensível”.

“Evelyn só deu uma opinião. As pessoas têm gostos diferentes”, escreveu uma terceira pessoa. Desde então, a mãe explicou que sua filha não passou fome e que ela tinha comida no quarto – mas ela reconheceu que estava errada.

Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

-Publicidade-