Filhas de milionária “imploram” para que mãe trabalhe menos

Kelly Filistad é CEO de uma empresa nos Estados Unidos e é mãe de duas meninas. Ao Daily Mail, ela deu detalhes sobre o apelo das meninas

Resumo da Notícia

  • Kelly Filistad é CEO de uma empresa nos Estados Unidos e é mãe de duas meninas.
  • Apesar da vida confortável que a família leva, Kelly contou que abriu mão de parte da rotina profissional
  • Ela contou que agora pretende dar para as filhas um tempo de qualidade, e por isso está participando de mais eventos escolares

Kelly Filistad é CEO de uma empresa nos Estados Unidos e é mãe de duas meninas. Apesar da vida confortável que pôde fornecer para a família, ela desabafou ao portal Daily Mail sobre o apelo que ouviu da filha mais velha, de apenas 8 anos, pedindo que a mãe “trabalhasse menos” – e resolveu atender o pedido.

-Publicidade-

Kelly é mãe de Bella, de 4 anos e de Sienna, de 8. Ela contou que teve o insight depois que as filhas lhe perguntaram porque ela estava sempre ao telefone – e nunca podia buscá-las na escola.  Sienna, a filha mais velha de Kelly, também desabafou no programa que sonha com o dia em que “a mãe irá buscá-la na escola, de surpresa”.

Kelly possui 2 filhas (Foto: Reprodução/ DailyMail)

“Percebi que preciso passar um tempo de mais qualidade com as crianças – no qual eu não esteja trabalhando ou no celular”, declarou. “Talvez eu participe mais da corrida da escola”, desabafou ainda, sobre as possibilidades de passar tempo com as filhas.

Além do apelo das filhas, Kelly também decidiu diminuir o ritmo de trabalho depois de participar de um programa de televisão – cuja proposta era que ela trocasse de lugar com uma família com condições bem diferentes. Por isso, ela teve contato com Nikki Ryan: uma mãe de três filhos que está a espera do quarto bebê, e que vive sob condições financeiras bem diferentes.