Filho de Batoré fala pela primeira vez sobre a morte do humorista: “Cuida de nós, pai”

O humorista estava em luta contra o câncer e veio a óbito na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte de São Paulo

Resumo da Notícia

  • Batoré faleceu nesta segunda-feira, 10 de janeiro
  • O filho dele fez uma homenagem nas redes sociais
  • O ator já se apresentou na novela "Velho Chico" e no programa "A Praça é Nossa"

Na última segunda-feira, 10 de janeiro, faleceu  aos 61 anos o humorista Ivanildo Gomes Nogueira, conhecido como Batoré. O filho do artista, Ivann Mastronardi, utilizou as redes sociais para lamentar a morte do pai, vítima de câncer.

-Publicidade-

Foi por meio do Instagram que o jovem prestou homenagem com uma mensagem de luto que foi acompanhada por uma sequência de fotos dos dois juntos. Para ver este conteúdo, clique aqui. 

“Hoje essa estrelinha foi brilhar no céu, só tenho a agradecer por cada momento vívido ao seu lado, cada risada, cada ensinamento, cada bronca, muito obrigado por me ensinar um pouco do que é a vida. Obrigado por jogar bola comigo na praia, obrigado por me fazer ser apaixonado por futebol, obrigado por viver cada momento intensamente.”, começou escrevendo o menino.

“Uma frase que o Sr. sempre falava “Curta a vida, que a vida é curta”, pois é, ela é curta mesmo.
Cuida de nós aí pai. Vá em paz, meu pai, meu melhor amigo, meu irmão, mtas vezes meu filho, vá em paz”, desejou por fim.

Batoré morre aos 61 anos
Batoré morre aos 61 anos (Foto: Reprodução / Instagram / @batorehumorista)

Batoré é conhecido por fazer parte do elenco do programa “A Praça é Nossa”, do SBT e da novela “Velho Chico”, com o papel do delegado Queiroz, em 2016 pela TV Globo. Além disso, ele também foi vereador de Mauá, cidade situada na região metropolitana de São Paulo.

O ator nasceu em Serra Talhada, interior de Pernambuco. No entanto, se mudou para São Paulo ainda criança. Além de tirar risadas do público com seu talento como humorista, ele também foi jogador de futebol nas categorias de base em times paulistas.