Filho de Gugu Liberato escreve carta dizendo que irmãs estão sendo manipuladas por herança do pai

Desde a morte de Gugu, a família tem aparecido em diversas polêmicas por causa da herança do apresentador. Após as irmãs serem emancipadas, João Augusto Liberato se pronunciou falando sobre a atitude “duvidosa”

Resumo da Notícia

  • O filho mais velho de Gugu Liberato, João Augusto, se pronunciou sobre a emancipação das irmãs
  • Sofia e Marina, de 17 anos, foram emancipadas nesta semana
  • Para João, esse é um movimento para manipular as gêmeas

Desde que Gugu faleceu, a família do apresentador está rodeada de polêmicas – principalmente quando o assunto é a herança que ele deixou para os filhos e a esposa, Rose Miriam. Na última quinta-feira, as filhas gêmeas do ex-casal, Marina e Sofia, de 17 anos, foram emancipadas, mas esse movimento foi visto pelo filho mais velho como algo suspeito.

-Publicidade-

Após serem declaradas independentes dos pais, as gêmeas contrataram o mesmo advogado da mãe, chamado Nelson Willians, para representá-las na corrida pela herança de Gugu. João Augusto Liberato, de 19 anos, não concordou com a atitude e decisão tomada pela mãe.

Para ele, além de qualificar a emancipação como “duvidosa”, ele discorda da mudança de advogado e chama toda a situação de “aventura fantasiosa”. João decidiu continuar tendo seus interesses defendidos pelo mesmo advogado que o auxiliava antes, já que ele o “defende dos desacertos causados infelizmente pela minha mãe e sua família”.

Gugu e a família (Foto: Reprodução Instagram)

Além disso, João emitiu uma nota oficial para comprovar que Marina e Sofia, suas irmãs mais novas, estão sendo manipuladas após a emancipação. “Fico triste e indignado em ver as mentiras e a nova manipulação que vêm sofrendo as minhas irmãs, duas adolescentes, que não percebem que as pessoas estão atendendo seus próprios interesses. Se tivessem mais idade e experiência perceberiam, sem dúvida”, escreveu. Veja abaixo trechos da carta escrita por João:

“Eu, como filho primogênito do meu querido pai Gugu Liberato, repudio fortemente as notícias que circulam sobre a duvidosa emancipação das minhas irmãs e confirmo sem dúvida alguma, a minha confiança nos advogados da família, o Dr. Carlos Regina a frente do Inventário do meu pai e que, contava com sua total e absoluta confiança por muitos anos e Dr. Dilermando Cigagna Jr que defende a nossa família dessa aventura fantasiosa e dos desacertos causados infelizmente pela minha mãe e sua família.

Confirmo também a confiança total em minha tia Aparecida Liberato, nomeada em vida pelo meu pai como a responsável para cumprir o testamento e cuidar e proteger minhas irmãs Sofia e Marina, ambas menores de idade. Assim era a vontade de meu pai e acredito que todos deveriam respeitá-la, porque se amanhã herdarmos algo, será fruto exclusivo de seu trabalho. Só posso imaginar que a atitude de envolver as minhas irmãs indevidamente e orientar para que mintam, seja fruto do desespero, já que a verdade está colocada no processo judicial e elas no fundo, sabem disso”, disse.