Filho de Michael Jordan leva 30 pontos na cabeça por causa do pai e irmão desabafa sobre acidente

Marcus Jordan fez um relato sobre o que aconteceu e lembrou de como uma brincadeira causou tamanho desespero na família do jogador de basquete

Resumo da Notícia

  • O acidente aconteceu quando eles eram crianças
  • Marcus Jordan lembrou que não foi culpa do pai e abriu o coração sobre competitividade
  • Ele afirmou ainda que pensou que o irmão estivesse morto
  • Jeff levou 30 pontos na cabeça por causa do acidente
Michael Jordan e os filhos (Foto: reprodução / Instagram @jumpman23)

Marcus Jordan, filho de Michael Jordan, lembrou de um acidente que aconteceu com o irmão, Jeff, quando eles ainda eram crianças. Em entrevista ao The Breakfast Club, a família contou que o pai fez com que o menino levasse 30 pontos da cabeça depois de uma brincadeira.

-Publicidade-

Atualmente com 29 anos, Marcus disse que nunca esqueceu a cena  de quando Jeff estava fazendo um touchdown e Michael o atacou contra uma mesa de vidro sem querer. Ele e a irmã, Jasmine, de 27 anos, chegaram a brincar que mesmo o pai sendo uma lenda no basquete, também comete erros em casa, que fez com que o filho precisasse parar no hospital.

Marcus lembrou sobre o pai ser muito competitivo, mas afirmou que tudo não se passou se um acidente (Foto: reprodução / Instagram @javimendozanba)

Marcus lembrou também sobre Michael ser muito competitivo, e ilustrou a história: “Quando éramos pequenos, jogávamos futebol de joelhos, imagine jogar futebol ajoelhado com meu pai, certo? E então houve uma vez em que estávamos jogando no quarto e eles tinha uma dessas mesas redondas no final da cama. E Jeff estava fazendo um touchdown – e nunca esquecerei – meu pai atacou Jeff na mesa de vidro”. O acidente fez com que o menino levasse 30 pontos e resultou em uma lesão grave na cabeça.

-Publicidade-

“Eu pensei que ele estava morto”, disse falando sobre o desespero. “Quero dizer, você podia literalmente ver a carne e o crânio. Eu e Jasmine estávamos aterrorizados, estávamos chorando”. O filho mais novo de Michael ressaltou que aquilo não passou de um acidente. “Obviamente, foi um acidente. Ele ainda era competitivo, mas definitivamente poderia desligar isso e ser pai”, concluiu.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-