Filho de Patrícia Poeta lança gravadora e planeja mudança aos EUA com 18 anos

O filho da jornalista Patrícia Poeta, Felipe, decidiu seguir por um ramo diferente da mãe, mesmo compartilhando do mesmo desejo de contar histórias

Resumo da Notícia

  • O filho da jornalista Patrícia Poeta, Felipe, decidiu seguir por um ramo diferente da mãe, mesmo compartilhando do mesmo desejo de contar histórias
  • Foi a música que encheu os olhos e os ouvidos do rapaz
  • Aos 18 anos, ele fundou a própria gravadora, a The House Company, e lançou o primeiro EP, “Creation”

O filho da jornalista Patrícia Poeta, Felipe, decidiu seguir por um ramo diferente da mãe, mesmo compartilhando do mesmo desejo de contar histórias. Foi a música que encheu os olhos e os ouvidos do rapaz. Aos 18 anos, ele fundou a própria gravadora, a The House Company, e lançou o primeiro EP, “Creation”.

-Publicidade-

Enquanto isso, o jovem está se preparando para se mudar para os Estados Unidos, onde estudará composição musical. A relação com a música começou aos cinco anos de idade, quando um parente o presenteou com uma guitarra. O instrumento despertou a sensibilidade do menino para canções de diferentes gêneros, do jazz (seu favorito) ao rap, que hoje canta.

A semelhança entre os dois chamou a atenção (Foto: Reprodução / Instagram / @patriciapoeta)

Enxoval do bebê

Está preparando o enxoval ou a lista para o seu chá de bebê? Olha só essa novidade: você pode criar sua lista personalizada com produtos na Amazon, que pode ser compartilhada com amigos e familiares em várias plataformas. Além disso, você também pode ganhar 10% de desconto na compra na maioria dos itens! Saiba mais sobre a ferramenta e veja produtos para o enxoval do bebê CLICANDO AQUI. Para montar a sua lista, acesse AQUI!

-Publicidade-

“A única vez que bateram palmas para mim na escola foi por causa de música. Era a única coisa em que eu era bom” contou ele. “Sempre gostei de me basear no que está em volta e juntar aquele momento a um enredo, criando personagens. Tenho canções escritas desde meus dez anos, mas a primeira vez que gravei foi aos 14”, explicou.

Ao ser perguntado pelo ‘O Globo‘ sobre como a mãe estava se sentindo, o jovem respondeu: “É só orgulho. De vez em quando, ela vem aqui visitar a gente, quando o dia está mais tranquilo. Sempre me pede para eu mandar os MP3s do que estou produzindo”.

-Publicidade-