Filho do ator de ‘Seu Madruga’ lança livro contando segredos sobre a vida e morte do pai

Esteban Valdés está lançando ‘Con Permisito dijo Monchito’ sobre a vida de Ramón Valdés, o ‘Seu Madruga’ que faleceu aos 64 anos em 1988 deixando 10 filhos quando morreu

Resumo da Notícia

  • Filho do ator de 'Seu Madruga' lançou livro sobre a história do pai
  • Ramón Valdés morreu aos 64 anos
  • O ator deixou 10 filhos depois da morte

Esteban Valdés está lançando um livro que contará os segredos sobre a vida e a morte do pai Ramón Valdés, ator que ficou conhecido pelo papel clássico de ‘Seu Madruga’ na série de TV ‘Chaves’.

-Publicidade-
Filho do ator de 'Seu Madruga' lança livro contando segredos sobre a vida e morte do pai
Filho do ator de ‘Seu Madruga’ lança livro contando segredos sobre a vida e morte do pai (Foto: Reprodução/Instagram)

O livro ‘Con Permisito dijo Monchito’ foi divulgado pelas redes sociais do filho e em recente entrevista ao programa de TV mexicando, Ventaneando, o homem comentou sobre o que a obra abordará: “O livro é focado na vida do meu pai, na minha mãe e nos meus irmãos. Eu obviamente vou lá atrás, nos anos 1800, falando sobre meus bisavós, os avós do meu papai”, disse Esteban.

O ator nasceu na Cidade do México e logo se mudou para Ciudad Juárez e Esteban vai abordar sobre essa mudança: “Ciudad Juárez o impactou de maneira impressionante”, disse o filho. “Um dos capítulos é focado em Ciudad Juárez e sua influência no jeito dele falar, nos seus hábitos e em suas palavras. Está tudo lá, inclusive o cigarro, que infelizmente afetou seu corpo”, completou.

Filha do ator diz que Florinda Meza espalhou mentiras sobre o pai

Carmen Valdés, filha de Ramón Valdés que interpretava o ‘Seu Madruga’ na série Chaves, contou que Florinda Meza, atriz de Dona Florinda e casada com Roberto Gómez Bolaños (Chaves), espalhava mentiras sobre o pai e, segundo a revista Quem, ela foi o motivo pelo qual o ator saiu da série.

“Foi uma situação muito lamentável. Eles eram uma família, mas quando a relação do Chespirito e Florinda Meza começou a ficar estável, ela começou a tomar o controle de algumas coisas como de direção, dizer se algo está bom ou não, cortar cena, dizer, ‘assim, Ramón’ ou ‘faça isso’. Por vários anos, Roberto deu liberdade ao meu pai, mesmo sendo muito rígido e ciumento em relação ao que escrevia. Mesmo assim, lhe dava toda a liberdade para improvisar. Quando a Florinda começou a tomar o controle disso, não deixou mais ele fazer isso. Começou uma pressão e meu pai não se sentiu mais à vontade. Não gostava de problemas e preferiu se retirar e ter um conflito forte com Roberto e Florinda”, contou Carmen.

O elenco era como uma família (Foto: Reprodução / Instagram @carmenvaldesjul)

Além disso a filha falou que o problema que o pai tinha com álcool e drogas havia sido inventado pela mesma atriz. “Todos sabemos que foi Florinda Meza quem disse que o meu pai tinha estes problemas. Mas você acha que uma pessoa que é viciada ou que tem fraqueza por algum vício, seja droga, álcool poderia carregar aquele ritmo de trabalho que tinha quando deixou tantos programas gravados e saiu? As viagens muito longas pela América Central, América do Sul e Caribe? Você acha que Roberto Gómez Bolaños ia permitir com os compromissos que eles trouxeram?”, abriu o coração.

Ela contou que a triz foi o motivo pelo qual o pai saiu do seriado (Foto: Reprodução/ Instagram)