Filho é entregue para polícia pela própria mãe após matar a namorada

O homem foi preso em flagrante, onde quem chamou a polícia para ele foi a própria mãe e ele responderá por feminicídio

Resumo da Notícia

  • Homem é preso no Rio de Janeiro após matar namorada
  • Quem chamou a polícia foi a própria mãe do homem
  • Ele irá responder pelo crime de feminicídio

Um homem foi preso no último domingo, 12 de junho, após matar a própria companheira a tiros. Ele é Laís Batista dos Santos, de 28 anos, estavam iniciando um romance.

-Publicidade-

O crime aconteceu em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A mulher estava com o namorado no bar. Os dois saíram do local e foram para a casa da mãe do homem (sogra de Laís), em Reta da Base.

Segundo o jornal Enfoco, para a polícia, a sogra de Laís falou que escutou um disparo e quando foi ver do que se tratava, viu a nota no chão. Na hora da fatalidade, a mulher chamou a polícia e impediu o filho de sair da casa.

Laís deixa 2 filhos (Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal)

Magno Rocha, que foi quem cometeu o crime, foi preso em flagrante e vai responder por feminicídio. A Delegacia de Homicídios da Capital está investigando o motivo do assassinato. Laís deixa dois filhos, um de 8 anos e outro de 5.