Filho localiza assassino do pai após 12 anos de perseguição: “nunca desisti”

A Justiça decretou a prisão do suspeito assim que o crime ocorreu, mas ficou foragido durante anos e só foi preso graças à busca incessante do filho

Resumo da Notícia

  • Um homem foi assassinado a tiros em 2010
  • O criminoso e ficou foragido por 12 anos
  • O filho do homem assassinado nunca desistiu de encontrar o suspeito
  • Após anos, o foragido foi localizado e preso

Leandro Rodrigues, de 28 anos de idade, perseguiu o assassino de seu pai e conseguiu prendê-lo após 12 anos. Ele descobriu pistas da localização do foragido após inúmeras pesquisas na internet. Depois que o líder de produção entregou provas à polícia e à Guarda Municipal, o homem foi finalmente preso.

-Publicidade-
Os assaltantes amarraram e ameaçaram a família
O homem foi assassinado a tiros (Foto: i Stock)

O crime ocorreu em 2010. Leandro ainda era apenas um adolescente quando o pai, Elder Alves, faleceu aos 38 anos. No dia da morte, a vítima estava indo até uma delegacia registrar um boletim de ocorrência contra o suspeito. Isso porque Elder já havia sido agredido e ameaçado de morte pelo homem. Contudo, antes que pudesse chegar ao estabelecimento, Elder foi atingido por dois tiros, sendo que um dos disparos atingiu o coração, e ele não resistiu.

Após 12 anos procurando, o assassino finalmente foi preso (Foto: Rreprodução/ Facebook)

Assim que o crime aconteceu, a Justiça decretou a prisão do suspeito, mas ele estava foragido desde então. Porém, Leandro nunca desistiu de localizá-lo e colocá-lo, de fato, atrás das grades.

“Depois do crime, uma policial me orientou a nunca deixar de ir atrás do assunto no Fórum. Aí, eu consegui um estágio lá, depois de um tempo, achando que, trabalhando lá, tudo iria dar certo, que conseguiria fazer irem atrás do cara, ficarem em cima do caso, mas nada disso aconteceu. Eu vi o processo dele guardado na prateleira, e nada de pistas, então, resolvi ler para ir atrás de mais informações do suspeito”, conta Leandro, em entrevista ao portal G1.