Fiuk reencontra Fábio Jr. após dias de confinamento no BBB 21: “Filhote chegou!”

A comemoração entre pai e filha foi bem divertida.  O pai torceu pelo filho durante os 100 dias no reality

Resumo da Notícia

  • Finalista do BBB 21, Fiuk contou em coletiva de imprensa organizada na quarta-feira, 5 de maio, sobre a participação no reality show;
  • Nesta sexta-feira, 7 de maio, pai e filho se encontraram pela primeira vez após os 100 dias de confinamento;
  • A comemoração entre pai e filha foi bem divertida.

Finalista do BBB 21, Fiuk contou em coletiva de imprensa organizada na quarta-feira, 5 de maio, sobre a participação no reality show. Nesta sexta-feira, 7 de maio, Fábio Jr. e o filho se encontraram pela primeira vez após os 100 dias de confinamento.

-Publicidade-
Fiuk reencontra pai após BBB 21 (Foto: Reprodução/ Instagram)

Em um vídeo publicado pelo pai, Fiuk e Fábio aparecem pulando e muito animados com o reencontro.Na legenda da publicação, o cantor escreveu:  “Filhote chegou! Caramba!!! Te amo muitão, filho @fiuk”. Os fãs e amigos da família também fizeram questão de comentar.

Cleo comentou: “Amo vocês”. Outro fã elogiou: “Filho maravilhoso, educado, respeitoso e gente do bem”. Uma terceira pessoa declarou ao cantor: “Pode ter muito orgulho do seu filho mesmo. Menino bom, especial e super educado”.

Fiuk diz que não é sustentado por Fábio Jr

O filho de Fábio Jr. contou como foi a experiência no Big dos Bigs e revelou se é ou não sustentado pelo pai. Ele disse que se exaltou um pouco durante o discurso da final sobre as dificuldades financeiras, mas contou que nada do que falou é mentira, pois trabalha com eventos e fez um grande investimento antes da pandemia. Ele também precisou vender o próprio carro e a guitarra para pagar contas.

(Foto: Reprodução/Instagram)

“Não foi fácil. Sempre vivi de eventos, então sempre me arrisquei. Mexeu muito comigo. Acabei me expondo muito na hora e já vi, inclusive, alguns memes. Eu sou emancipado desde os 16 anos, óbvio que poderiam pensar que o filho do Fábio Jr. é mimado”, esclareceu.

“Se eu ganhasse mesada, se ele tivesse conduzido minha vida assim, também não teria vergonha, mas infelizmente, ele não paga, tá galera? Eu moro com ele, mas desde os 16 anos pago minhas contas. Fico alternando entre meu pai, minha mãe e sou muito caseiro”, completou.