Foto emocionante mostra pais chorando por bebê morto em atentado na Ucrânia

Os pais estavam desesperados para tentar salvar o bebê de 18 meses que infelizmente não sobreviveu

Resumo da Notícia

  • Fotos de pais desesperado tentando salvar o bebê chamaram atenção na internet
  • Kirill de 18 meses foi atingido durante um bombardeio na Ucrânia
  • Infelizmente o bebê não sobreviveu

Fotos angustiantes mostram pais desesperados para salvar bebê de 18 meses que se feriu durante um atentado na Ucrânia. Kirill, foi atingido fatalmente quando a Rússia bombardeou a cidade de Mariupol, no sul, onde milhares de pessoas foram alvejadas durante um suposto cessar-fogo no último sábado (5).

-Publicidade-

Os médicos não conseguiram salvar Kirill – uma das vítimas mais jovens da guerra. A mãe, Marina Yatsko, e seu namorado, Fedor, choraram enquanto embalavam o corpo sem vida de seu filho, informou o site The Mirror. Um cessar-fogo de sete horas foi acionado para que até 200 mil pessoas pudessem fugir do local.

Mas a situação se transformou em caos quando as forças russas bombardearam os pontos de encontro, segundo autoridades. A evacuação foi cancelada após três horas e milhares retornaram aos bunkers sem aquecimento, eletricidade e, em alguns casos, água.

Os pais estavam devastados ao ver o bebê morto
Os pais estavam devastados ao ver o bebê morto (Foto: Reprodução/AP/The Mirror)

Em Mariupol, os moradores abandonaram seus carros para voltar aos esconderijos quando ficou claro que o bombardeio não iria parar. Alguns dependiam do derretimento da neve para obter água, disse a instituição de caridade Médicos Sem Fronteiras. Mariupol é uma cidade portuária de 400 mil habitantes.

Serhiy Orlov, vice-prefeito de Mariupol, disse que o cessar-fogo durou apenas 30 minutos. “Os russos continuam nos bombardeando e usando artilharia. Não há cessar-fogo em Mariupol nem cessar-fogo ao longo da rota de fuga. Os civis estão prontos para escapar, mas não podem. É uma loucura”, disse ele.

Infelizmente o bebê não sobreviveu
Infelizmente o bebê não sobreviveu (Foto: Reprodução/AP/The Mirror)