Fotógrafa faz ensaios de crianças com condições especiais e o resultado é incrível

Mykaella Carbonera criou um projeto social para ajudar famílias a terem lembranças especiais do filhos. Junto com as imagens, ela publica relatos das mães

Resumo da Notícia

  • Fotógrafa cria projeto social
  • Nele, ela faz ensaios de crianças com deficiências
  • Veja as fotos

A fotógrafa Mykaella Carbonera chamou atenção ao criar um projeto social para fotografar crianças com deficiência. A profissional costumava fotografar apenas por hobbie, até que, um dia, decidiu começar a cobrar pelos ensaios para ajudar um abrigo de animais. Foi aí que surgiu o projeto “Fotografia do Bem”. As coisas começaram a dar certo e Mykaella decidiu se aventurar em outras áreas. De fotografia de pet, ela passou a trabalhar também com ensaios infantis.

-Publicidade-
Fotógrafa faz ensaios de crianças com condições especiais e o resultado é incrível (Foto: arquivo pessoal)

Para isso, ela precisava criar um portfólio, para mostrar para as pessoas um pouco do seu trabalho. Foi aí que decidiu juntar o útil ao agradável e decidiu fazer mais um bem para a sociedade e começou com um novo projeto social: fotografar crianças com deficiência . Para isso, ela foi até a APAE da cidade onde mora, a procura de contatos. “Eu expliquei o projeto e eles passaram para as famílias, para me conectar com os interessados”, conta.

Aos poucos o projeto foi crescendo. Hoje, várias mães procuram Mykaella, a fim de participar dos ensaios, que são gratuitos. “Eu queria fotografar crianças com um viés social” explica. A profissional pretende promover algum tipo de igualdade com o ensaio e trazer momentos especiais para as famílias. “Eu queria que elas tivessem uma recordação especial pra guardar pra vida toda, da mesma forma que faço em ensaios privados’, conta.

-Publicidade-
Junto às imagens, ela compartilha relatos das mães (Foto: arquivo pessoal)

No Instagram, Mykaella compartilha o resultado dos ensaios e, além das fotos, publica alguns relatos das mães sobre o momento. “O relato da mãe ajuda outras pessoas que possam estar passando pela mesma situação, ao mesmo tempo que educa, já que em alguns casos o diagnóstico demora a acontecer. E, se a mãe fala os sintomas do filho e alguém que passa por algo parecido lê aquilo, isso pode ajudar. Além disso, todo mundo gosta de histórias. A empatia é maior quando se conhece um pouco mais sobre aquela pessoa e o que ela passa”, conta.

Mykaella já conheceu diversas histórias diferentes e fotografou crianças com as mais diversas condições, como Paralisia Cerebral, Cegueira, Síndrome de Down, Autismo, Hidrocefalia, entre outros. Além disso, ela também fotografa crianças com câncer e doenças raras. Com tamanha empatia, a profissional tem conquistado as famílias e internautas, acumulando cerca de 27 mil seguidores nas redes sociais.

A fotógrafa dá dicas para outros profissionais que pretendem fazer trabalhos sociais. “Isso tem que ser muito por amor. A pessoa tem que ter vontade de fazer aquilo, esse é o primeiro passo. Se é algo que mexe com você, vá em frente. Não tem muito segredo de como começar, é só ir atrás!”, aconselha.

Ela dá conselhos para outros profissionais (Foto: arquivo pessoal)

O 9º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Tal da Felicidade está aí! Ele vai acontecer no dia 19 de agosto, completamente online e grátis. Serão oito horas de transmissão ao vivo e você pode acompanhar tudo neste link aqui. Esperamos por você!