Gari literário! Homem monta biblioteca com livros que foram jogados foras e publica primeiro poema

Jonatã Nunes, de 33 anos, é coletor de lixo e um leitor ávido que aproveitou obras descartadas para fazer um acervo

Resumo da Notícia

  • Jonatã é um gari que ama ler
  • Montou uma biblioteca com livros descartados
  • Lançou o primeiro livro de poemas

Um gari de Porto Alegre é simplesmente apaixonado por livros e conseguiu montar uma biblioteca inteira com livros jogados fora. Além disso, ainda lançou o primeiro livro de poemas que escreveu, na primeira Feira do Livro de Canoas. Jonatã Nunes, de 33 anos, foi juntando livros que iam pro lixo para que não fossem jogados fora, e também para estimular outras pessoas a lerem eles.

-Publicidade-
Jonatã Nunes lançou o primeiro livro de poemas
Jonatã Nunes lançou o primeiro livro de poemas (Foto: Reprodução / Instagram)

A construção da biblioteca foi na própria casa dele, com o acervo inteiro sendo de livros descartados. Ele sempre foi um leitor apaixonado, mas a inspiração para escrever veio apenas depois. Então, no começo de outubro deste ano, ele conseguiu lançar o livro de poemas.

Intitulado “Poeta do Asfalto: o tempo é uma prioridade”, o livro traz assuntos para tratar sobre o amor e a solidão em tempos de pandemia, tudo na perspectiva de um coletor de lixo.

Jonatã também descreve o livro como uma autobiografia, que relata alguns aspectos da vida dele. “O tempo é prioridade, e nós somos tão irresponsáveis, como tantos planos que jogamos no armário deixando para depois serem resolvidos. Quantos sonhos deixamos em uma gaveta solitária, deixando-os para depois se tornarem realidade ”, diz um trecho da obra.