Garota de 6 anos se machuca em brinquedo enferrujado no Rio de Janeiro e pais processam o fabricante

A menina cortou o pé e por pouco, não pegou o tendão. O fabricante do brinquedo disse que o shopping não quis fazer manutenção

Resumo da Notícia

  • Menina de 6 anos se machucou em brinquedo
  • A garota teve que levar pontos e tomar remédios pelas condições enferrujadas do brinquedo
  • Os pais dela estão processando o parque que fica dentro do shopping

Uma criança de seis anos está se recuperando, depois de se machucar em brinquedo no shopping da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. A menina de 6 anos estava brincando em um pula-pula, quando sofreu um corte no calcanhar direito. Por pouco a garota não rompeu o tendão. Na hora do acidente, o irmão mais velho foi socorrer ela.

-Publicidade-

“Eu fiquei bem nervoso e na hora que eu fiquei sabendo que ela ia levar pontos, eu chorei” disse o irmão. A mãe afirma que a supervisora do shopping perguntou se ela queria relatar o caso, porém, ela só pensava em socorrer a menina. Foram 10 dias até a recuperação total.

O irmão contando sobre o acidente e a atitude que teve em ir socorrer a irmã
O irmão contando sobre o acidente e a atitude que teve em ir socorrer a irmã (Foto: Reprodução/ R7)

O estado de conservação do brinquedo deixou a família espantada. No dia em que a garota foi retirar os pontos, os pais voltaram no shopping para resolver o ocorrido e viram o estado do brinquedo. O pai da garota falou que quando chegaram lá, muitas crianças, até menores que a filha, estavam brincando, e então, ele começou a alertar os pais sobre o acidente.

A menina estava no pula-pula quando se machucou
A menina estava no pula-pula quando se machucou (Foto: Reprodução/ R7)

A direção do shopping fez uma nota em redes sociais, em que o fabricante do brinquedo considerou ele em “perfeitas condições de uso”. Já, o fabricante falou que o shopping que não quis contratar nenhum serviço de manutenção. A família da menina entrou na justiça com uma ação indenizatória, com o objetivo de reparar os danos da família e os danos estéticos da menina.

Não foi o primeiro acidente em pula-pula que aconteceu com crianças. Uma menina de 3 anos também se feriu em um pula-pula em uma casa de festas. Outra garota de 9 anos se machucou em uma pracinha com o prego enferrujado.