Estudantes criam prato descartável biodegradável para substituir o plástico

Duas meninas se surpreenderam ao saber a quantidade de lixo produzida em uma festa e resolveram mudar isso

Resumo da Notícia

  • Duas estudantes de escola pública em São Paulo criaram uma alternativa sustentável para os pratos e utensílios descartáveis de plástico
  • A matéria prima escolhida pelas jovens foi o cará
  • Ele foi escolhido pela grande concentração de amido do tubérculo

Duas estudantes de escola pública em São Paulo criaram uma alternativa sustentável para os pratos e utensílios descartáveis de plástico a partir do cará.

-Publicidade-

Manuella Cristina Rodrigues Gonçalves e Mariana Caciatore Cardoso, ambas com 17 anos, alunas da Escola Técnica Estadual – Etec – Conselheiro Antonio Prado, de Campinas, SP, ficaram inconformadas com a quantidade de lixo após uma festa com pratos, talheres e copos plásticos.

Depois de algumas pesquisas, elas desenvolveram um comporto químico a partir do amido extraído do cará-moela, espécie de tubérculo que nasce em uma planta trepadeira.

Segundo as jovens, a decomposição dos utensílios à base do vegetal ocorre em cerca de seis meses, enquanto o plástico pode demorar centenas de anos para desaparecer completamente do meio ambiente.

Manuella conta que a escolha da matéria-prima ocorreu após a análise de outros estudos que apontavam a existência de uma grande concentração de amido no cará-moela.

“Além de possibilitar um alto rendimento, a planta se reproduz com facilidade e o nosso processo de produção é bem simples, permitindo a criação de um material mais sustentável e de valor competitivo para substituir o plástico”, explica. De acordo com a aluna, o projeto foi desenvolvido durante dois meses de pesquisas e testes sobre a viabilidade do material.