Genial! Professora cria “máscaras especiais” para ajudar alunos com deficiência auditiva

Leslie Bailey, professora em Louisiana, nos Estados Unidos, preocupada com os alunos com dificuldades auditivas no retorno presencial das aulas pensou em uma solução simples e criativa para ajudá-los

Resumo da Notícia

  • Leslie Bailey, professora em Louisiana, nos Estados Unidos, criou "máscara especial" para ajudar os alunos com deficiência auditiva no retorno das aulas presenciais
  • Sozinha ela fez mais de 60 máscaras e as distribuiu para os alunos e colegas de trabalho
  • A simples a solução criativa mudou a vida dos pequenos

Leslie Bailey, professora de Louisiana, nos Estados Unidos, segundo Bebê Mamãe, dá aula para alunos da pré-escola até a quarta série, e está no ofício há 16 anos. Para ajudar os alunos com deficiência auditiva, pensando na leitura labial dos pequenos, a professora criou “máscaras especiais”.

-Publicidade-

A volta às aulas presenciais, a primeira vista, pareciam um grande desafio. Ainda mais para Bailey, que ficou preocupada com as necessidades dos alunos com dificuldade auditiva e que com as máscaras não conseguiriam fazer a leitura labial.

As crianças com deficiência auditiva agora conseguem voltar a ler lábios mesmo com a máscara (Foto: Reprodução/ Facebook)

“As crianças com perda auditiva, incluindo surdas ou com alguma deficiência, podem ter dificuldades para entender a língua de sinais. Caso não conseguirem ler os lábios”, disse a professora Leslie.

-Publicidade-

Com isso a professora começou a pensar em alternativas, e chegou nas máscaras com transparência, ou seja, que teriam um vinil na altura da boca. Apesar de simples a solução criativa mudou a vida dos pequenos e facilitou a comunicação na sala de aula.

Sozinha, ela produziu mais de 60 máscaras e as distribuiu para os alunos e colegas de trabalho. “A intenção das máscaras não é apenas para pessoas com deficiência na audição. É, por exemplo, para um professor da primeira série que ensina fonética. Você quer que eles vejam seus lábios para aprender, mas não quer tirar a máscara”, explicou.

A invenção criativa mudou a vida dos pequenos (Foto: Reprodução/ Facebook)

Uma mãe de uma menina de 9 anos com deficiência auditiva ainda comentou sobre a importância dessa invenção. “Quando peguei minha filha na escola, ela tinha o maior sorriso no rosto. Se o professor estivesse ‘mascarado’, seria muito diferente para ela entender o que está acontecendo na sala de aula. A leitura labial é muito importante para ela”, constatou.

-Publicidade-