Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso visitam amigos que fizeram em Malawi: “Dia de unir a família”

O casal adotou Titi e Bless enquanto participavam de projetos sociais nesse país

Resumo da Notícia

  • Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso visitaram amigos que fizeram em Malawi
  • O casal faz projetos sociais nesse país e foi assim que conheceram Titi e Bless, filhos adotivos
  • Eles publicaram fotos nas redes sociais do reencontro com os amigos
 

No domingo, 25 de julho, Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso compartilharam nas redes sociais  fotos com os amigos que fizeram em Malawi, país africano onde participaram de projetos sociais. Quando foram para lá em 2016, o casal adotou Chissomo, apelidada de Titi, e logo depois adotou Bless. Os atores também são pais de Zyan, de 1 ano de idade.

-Publicidade-
Bruno e Giovanna adotaram Titi e Bless no Malawi (Foto: Reprodução / Instagram / @gioewbank)

Em publicação feita no Instagram, Giovanna mostrou uma sequência de fotos do dia que passou com amigos que conheceu no projeto social de Malawi. Na legenda ela escreveu: “Hoje foi dia de rever as amizades e família que fizemos no Malawi”, e registrou a nacionalidade de todos os que estavam presentes: “Brasil/ Portugal/ Moçambique/ Áustria/ Inglaterra”.

Eles mostraram fotos do reencontro com os amigos (Foto: Reprodução/ Instagram/ @gioewbank)

Bruno não ficou de fora! Ele mostrou o dia especial com os amigos e a família nas redes. Ele contou: “Hoje foi dia de unir a família que fizemos no Malawi”. Uma amiga do casal também compartilhou fotos do dia. Ela escreveu na legenda da publicação: “O mundo é pequeno para essas crianças”, e recebeu vários elogios dos seguidores: “Galerinha mais linda”.

Antes de adotar o segundo filho, o casal queria que tivesse a mesma origem de Titi. Em um vídeo compartilhado no YouTube, onde conta como conheceu Bless, a mãe falou:  “A gente tinha decidido que seria outro filho do coração e também do Malawi, onde Titi nasceu, nas mesmas origens. Temos uma conexão muito forte com o Malawi, criamos raízes lá, laços, grandes amizades. É nosso segundo país do coração. Temos muitos trabalhos sociais lá”.