Governador de São Paulo determina férias imediatas para funcionários públicos

O governador de São Paulo, João Doria anunciou em entrevista na tarde desta segunda-feira que funcionários públicos terão férias imediatas. Mas não são todos os fusionários que vão ter esse direito

Resumo da Notícia

  • João Doria anuncia que funcionários públicos terão férias imediatas
  • A medida será somente para funcionários que tem o direito ao beneficio
  • Funcionários da saúde e de segurança não serão liberados
Pessoas com máscara na rua (Foto: Getty Images)

Na ultima segunda-feira, governador de São Paulo, João Dória anunciou que terá férias imediatadas par funcionários públicos, que apresentem beneficio a esse direito. Funcionários da área da saúde, segurança pública e administração de penitenciaria são cargos que não serão liberados.

-Publicidade-

Profissionais da saúde da rede pública e estadual terão férias e licenças suspensas por 60 dias, até o momento. “A decisão poderá ser revista, se necessária, e será devidamente anunciada publicamente.”, concluiu Doria em entrevista feita nessa tarde de segunda.

A informação é uma das varias recomendações no pacote criado de prevenção contra a propagação do coronavírus. As medidas foram tomadas para tentar controlar a situação de pandemia que vem piorando cada vez mais. No Brasil são até agora 234 casos confirmados de infectados e 1.917 casos de suspeitos.

-Publicidade-

O governador ainda afirmou que caso a situação passe dos limites e o número de infectados seja maior do que os hospitais podem ajudar, serão convocados médicos especialistas que estão afastados para completar equipes e atuarem.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-