Governo de São Paulo estima que todos municípios do estado terão casos de coronavírus até o fim de maio

A informação foi dada durante uma coletiva. Enquanto os números continuam aumentando, a taxa de adesão ao isolamento social diminuiu no interior

Resumo da Notícia

  • O Governo de São Paulo prevê que todos os municípios terão casos de coronavírus até o fim do mês
  • Isso porque os números continuam crescendo, mas menos pessoas estão seguindo a quarentena
  • Veja os dados da região
Os números de casos de coronavírus continuam aumentando e a taxa de isolamento social diminuiu (Foto: Getty Images)

Nesta quinta-feira (07), durante uma coletiva, o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi voltou a falar sobre a preocupação do Governo de São Paulo com o coronavírus nas regiões do interior.

-Publicidade-

Até o momento, 371 municípios do estado já apresentam casos confirmados da doença e a velocidade que o vírus tem se propagado chamou a atenção do governo, que entende que até o final de maio, São Paulo terá todas as 645 cidades com infectados.

“Nós conseguimos verificar o crescimento em mais municípios do estado de São Paulo de forma mais aguda. Em março, sete municípios a cada três dias. Em abril, esse número avançou. Mas agora, no final de abril e no início de maio, a gente chega ao patamar de 38 cidades a cada três dias, o que, se seguir esse patamar ao longo do mês de maio, significa todos os municípios do estado de São Paulo terem o contágio do vírus até o final do mês”, disse Marco Vinholi.

-Publicidade-

Segundo ele, ao mesmo tempo que perceberam o crescimento no número de casos também notaram que o cumprimento de isolamento social por parte da população caiu no interior. De acordo com os dados apresentados pelo diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, há 50 dias, dez cidades tinham casos confirmados de covid-19.

“Olha a progressão dessa epidemia quando você olha o conjunto do estado. Não existe nenhuma região protegida”, acrescentou. O principal receio é que esses locais não tenham estrutura para enfrentar a pandemia.

“A doença está caminhando para o interior. E em breve, como já foi dito, provavelmente, os 645 municípios de São Paulo terão casos e, com certeza, óbitos”, concluiu Geraldo Reple, presidente do Cosems/SP (Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo).

No último boletim divulgado, o estado de São Paulo apresenta 39.928 casos confirmados e 3.206 mortes pela doença.

-Publicidade-