Grávida de 6 meses é atropelada propositalmente por carro em alta velocidade e motorista foge do local

A Bárbara, gestante de 6 meses, foi atropelada de propósito, após o motorista do veículo em alta velocidade. A mãe foi levada à unidade médica de urgência

Resumo da Notícia

  • A Bárbara, gestante de 6 meses, foi atropela por homem
  • A mãe estava caminhando na rua quando foi surpreendida pelo motorista
  • O motorista fugiu do local

Uma mãe saiu de casa para levar o filho mais velho até à escola, no entanto, durante o caminho, notou que havia esquecido o lanche do garoto. Sendo assim, voltou algumas ruas para comprar algo em um comércio da região. Durante o trajeto, a mãe do menino, que também é gestante – se surpreendeu com a velocidade que um veículo andou, visto que, o carro passou “colado” na mulher. O motorista ouviu a reclamação, deu ré no veículo e atropelou propositalmente a gestante. O caso aconteceu na tarde deste segunda-feira, 14 de março, em Aracajú.

-Publicidade-

Após o acontecimento, o motorista fugiu do local. A Bárbara foi socorrida por pessoas que caminhavam na rua. A família da gestante foi avisada do acontecido enquanto a moça aguardava o atendimento do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

“Ele reclamou que ela achou ruim, que ele ‘tirou fino’ [ação de passar com o carro extremamente próximo de alguém] dela. Aí deu a ré no carro e passou por cima dela”, relatou Sátila Raquel, irmã da vítima, em entrevista concedia ao G1 SE.

Bárbara, gestante de 6 meses, é atropelada por carro em alta velocidade (Foto: Reprodução/TV Sergipe)
Bárbara, gestante de 6 meses, é atropelada por carro em alta velocidade (Foto: Reprodução/TV Sergipe)

A gestante de 6 meses, que foi resgatada pelo veículo médico e encaminhada à unidade de urgência e emergência, o Hospital Governador João Alves Filho – teve alta no início desta quarta-feira, 15 de março.

Os familiares da Bárbara fizeram um Boletim de Ocorrência contra o motorista. As pessoas da rua que presenciaram o acontecimento, anotaram o número da placa do veículo. No entanto, após checagem da Polícia Civil, a placa em questão estava cadastrada era referente de uma motocicleta.