Grávida recebe ligação e é surpreendida com chá de fraldas em frente sua casa

Familiares e amigos em Mato Grosso do Sul fizeram a decoração no portão e montaram mesa com fraldas e lembranças na calçada. Ao final, passavam de carro para falar com o casal

Resumo da Notícia

  • Os amigos e familiares fizeram uma fila de carros para falar com o casal, mesmo que de longe
  • A mãe ainda conta que foi emocionante receber o amor e o desejo de boas-vindas ao filho Gabriel
  • Confira o relato

-Publicidade-

devido as restrições do novo coronavírus, os amigos e familiares fizeram um fila de carros para a entrega dos presentes  (Foto: Getty Images)

Neste último sábado, 25 de abril, no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, em Campo Grande, Isabela Adami Ferreira, de 31 anos, grávida de 7 meses, disse ao marido que iria descansar no quarto, e enquanto ela dormia, o marido, Daniel de Araújo Silvestre, de 33 anos, foi assistir televisão. Após um tempo, uma ligação interrompeu os planos e o casal foi surpreendido com um chá de fraldas.

-Publicidade-

As boas-vindas ao Gabriel, foi feita de uma maneira diferente, devido as restrições do novo coronavírus, os amigos e familiares fizeram um fila de carros para a entrega dos presentes. “Eu estava dentro de casa e dormindo, não vi e nem percebi que estavam arrumando nada. Depois, uma amiga ligou e disse que era para sair porque ela deixaria umas coisas para o bebê, como roupas e fraldas, na porta de casa. Abrimos o portão, e fomos surpreendidos por aquela mesa linda e umas 30 pessoas espalhadas nos carros, passando e mostrando todo aquele carinho por nós”, contou ela ao G1.

Segundo Isabela, todos as pessoas presentes fizeram questão de, mesmo distantes por mais de um metro, falar com o casal. “O chá de bebê estava programado para o dia 28 de março e já tínhamos o salão alugado, bolo, tudo pronto quando teve o isolamento e decidimos cancelar. Eu achei que não teríamos mais nada ou então seria mais pra frente, só que me deixaram muito emocionada com esta atitude”, comentou.

A mãe ainda conta que o mais importante era perceber o amor e o desejo de boas-vindas ao filho Gabriel. “Seria só mais um dia da nossa quarentena, só que me emocionou o esforço de todo mundo para sair de casa, colocar máscaras e ir ali nos externar o carinho por nós e ao nosso filho que está chegando. É algo que a gente não vê toda hora e não precisou de abraço, beijo e nem comilança para ser um momento lindo”, disse.

Já o pai, conta que também ficou muito feliz com a atitude dos parentes. “Estava ali na TV e a nossa amiga ligou falando que deixaria as coisas, nos surpreendendo com a surpresa. É o nosso primeiro filho e tudo isso nos deixou muito feliz, todo esse empenho em meio à pandemia”, finalizou.

-Publicidade-