Halloween: famílias pagam R$ 160 para assustar os filhos

Pais pagaram R$ 168 para Brantley Gerhardt amedrontar os filhos no Dia das Bruxas, em Pell City, Alabama, nos EUA

Resumo da Notícia

  • Famílias pagaram para assustar os filhos no Halloween
  • O fazendeiro, Brantley Gerhardt, se fantasiava como hobbie para distrair as crianças da pandemia
  • No entanto, o que era diversão, se torno um negócio famoso entre a população local

O Halloween está chegando e muitas famílias estão se preparando para celebrar esta data da forma mais divertida ou assustadora possível. Mas alguns pais estão levando mais a sério o lado aterrorizante da coisa! Nos Estados Unidos, famílias estão pagando mais de $ 30 (aproximadamente R$ 168) para deixar os filhos amedrontados.

-Publicidade-

O fazendeiro Brantley Gerhardt, de 32 anos, tem aproveitado desta situação para ganhar dinheiro em Pell City, Alabama, nos EUA. “Quero comprar uma fantasia do Grinch [uma criatura verde assustadora que o odeia o espírito natalino] e dar uma volta pela cidade'”, disse Brantley. “A covid está aqui e eu só quero que as crianças se afastem desse mundo”. No início da pandema, o homem, decidiu se fantasiar para distrair os jovens do contexto desafiador a Covid-19 estava causando.

Pais pagam para assustar filhos nos Estados Unidos
Pais pagam para assustar filhos nos Estados Unidos (Foto: Reprodução / New York Post / Brantley Gerhardt / Revista Crescer)

O homem fez sucesso rapidamente ao andar fantasiado pelas ruas da cidade: “Eu passava cerca de 10 minutos andando pelos corredores do supermercado, tirando fotos e depois voltava para o carro e continuava o dia”, disse.

No entanto, uma pessoa o parou aleatoriamente e perguntou se ele gostaria de ganhar dinheiro fazendo isso. A princípio, ofereceu US$ 20 (aproximadamente R$ 112), para assustar o filho. Portanto, o que era diversão, se tornou um negócio. Atualmente, o fazendeiro trabalha fantasiado em diversas épocas do ano: Páscoa, Natal e Halloween.