Harry e Meghan Markle decidem não bater de frente com a rainha e retiram pedido judicial

O duque e a duquesa retiraram oficialmente a solicitação na Justiça de transformar o nome “Sussex Royal” em uma marca. O casal deve parar de cumprir os deveres da realeza no final de março deste ano

Resumo da Notícia

  • Harry e Meghan Markle retiraram da Justiça o pedido de transformarem o nome "Sussex Royal" em uma marca
  • O casal abriu mão, no começo deste ano, dos deveres e de alguns título da realeza para viverem com o filho no Canadá
  • Até o final de março eles devem abandonar a realeza britânica
  • Ainda terão títulos de alteza real, mas não serão mais membros da família real
Meghan Markle e Harry decidiram abrir mão dos títulos da realeza e vão viver longe da monarquia com o filho Archie (Foto: Reprodução / Instagram / @sussexroyal)

As notícias sobre a monarquia britânica não param. Desde que Harry e Meghan Markle decidiram deixar algumas obrigações do mundo da realeza, as notícias se voltaram ainda mais para eles para saber quais seriam os próximos passos da família.

-Publicidade-

Apesar da decisão de morar no Canadá, bem longe da Inglaterra, o casal queria registar a marca Sussex Royal, título que deram para a conta da família no Instagram que hoje tem 11,2 milhões de seguidores. Alguns especialistas consideraram que eles tinham o potencial de transformar a marca em bilhões de dólares. Porém o nome tem relação com o título da nobreza que os dois deixaram para trás e começaram a ter problemas com a monarquia.

“Por agora, o duque e a duquesa estão focados nos planos de estabelecer uma nova organização sem fins lucrativos. Dadas as regras específicas do governo do Reino Unido em torno do uso da palavra ‘Royal’, foi acordado que a ONG, quando for anunciada nesta primavera [do hemisfério norte], não será chamada de Sussex Royal Foundation”, dizia o comunicado oficial.

-Publicidade-
Após decisão de renunciar a alguns deveres da realeza Meghan e Harry perderam o direito de usar o título real (Foto: Getty Images)

Este é um passo e tanto. Os dois seguem vivendo na ilha de Vancouver e vão desistir oficialmente dos deveres de membros da realeza quando março, de 2020, terminar. Porém, de acordo com a Harpers Bazaar, eles conseguiram manter os títulos de “Alteza Real”, mas não serão mais parte da família real britânica.

O site deles diz assim: “O duque e a duquesa de Sussex se tornarão membros da Família Real com financiamento privado, com permissão para obter sua própria renda e a liberdade de buscar seus próprios interesses de caridade”. Uma vez que seus papéis revisados entrem em vigor, eles serão submetidos a uma revisão de 12 meses”.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-