Heroína! Garota de 4 anos ajuda a socorrer mãe que teve aneurisma cerebral

Ela ouviu a mãe passando mal no meio da noite e decidiu ver o que estava acontecendo. O auxílio dela foi crucial para recuperação da mulher

Resumo da Notícia

  • Garota de 4 anos ajuda a socorrer mãe que teve aneurisma cerebral
  • Ela ouviu a mãe passando mal e logo foi ajudá-la
  • Veja o que ela fez

Uma garota de 4 anos se tornou uma verdadeira heroína depois de salvar a vida da mãe, que desmaiou após um sangramento cerebral quase fatal. A mãe, Sonya Jones, de 46 anos, acordou às 4 da manhã com uma forte dor de cabeça e decidiu chamar uma ambulância. Antes que os profissionais chegassem, no entanto, ela acabou desmaiando. Soohia ouviu a mãe e decidiu ajudá-la.

-Publicidade-
Ela salvou a mãe (Foto: reprodução Mirror)

A garota conseguiu descer, ficar ao lado da mãe e ainda abrir a porta da casa para que os paramédicos entrassem.  Sonya disse ao jornal Mirror que “as coisas poderiam ter sido muito diferentes se ela não tivesse por ali”. A mulher, de Merseyside, Inglaterra, foi informada, após chegar ao hospital, que havia sofrido uma hemorragia subaracnóide – um tipo de derrame com risco de vida causado por sangramento na superfície do cérebro após a ruptura de um aneurisma. Ela passou 14 dias no Hospital Whiston em Prescot, Merseyside, e teve que aprender a andar novamente.

“Sophia me ouviu quando acordei com dor de cabeça e ficou comigo o tempo todo”, disse Sonya. “Depois que liguei para a ambulância, ela estava aos meus pés, com os olhos arregalados de choque – não consigo imaginar como deve ter sido assustador ver a mãe sofrer um derrame. Não consigo me lembrar muito da noite depois disso. Pude ouvir batidas na janela e tudo o mais que sei é do que outras pessoas me contaram”, começou ela contando, ao jornal britânico.

-Publicidade-

Enxoval do bebê

Está preparando o enxoval ou a lista para o seu chá de bebê? Olha só essa novidade: você pode criar sua lista personalizada com produtos na Amazon, que pode ser compartilhada com amigos e familiares em várias plataformas. Além disso, você também pode ganhar 10% de desconto na compra na maioria dos itens! Saiba mais sobre a ferramenta e veja produtos para o enxoval do bebê CLICANDO AQUI. Para montar a sua lista, acesse AQUI!

(Foto: reprodução Mirror)

“Depois, meu vizinho me contou que tinha visto Sophia correr e apertar o botão verde que abriu a porta do apartamento. As coisas poderiam ter sido muito diferentes se ela não tivesse por ali. Sophia tinha apenas quatro anos e precisou ser forte para me ver tendo um derrame em casa, além de me ver no hospital ligada a diferentes máquinas. Apesar de tudo, ela conseguiu reagir bem e me ajudar na recuperação”, completou.

Depois de uma cirurgia em uma unidade especialista em cérebro, o Walton Center, os médicos descobriram que Sonya tinha outro aneurisma cerebral e instalaram bobinas para evitar que ele se rompa.

Com o acidente, Sonya percebeu mudanças no comportamento da filha. “Sophia tornou-se bastante pegajosa e sentiu que precisava de me proteger”, contou ela. Para tentar não deixar a filha mais traumatizada, Sonya evitou falar sobre o assunto pelos dois anos seguintes do ocorrido. “Mas este ano, à medida que ela está ficando mais velha, começamos a falar sobre isso pela primeira vez e ela entende mais”. Atualmente a mãe está preparando a filha para começar a dormir no próprio quarto e, aos poucos, conquistar a própria independência. Enquanto isso, ela segue fazendo tratamentos para evitar que tudo aconteça novamente.

-Publicidade-