Homem abandona esposa por refugiada ucraniana que acolheram e ela se defende: “Não roubei ninguém”

Sofiia Karkadym, de 22 anos, ficou alguns dias na casa do casal britânico Tony Garnett, 29, e Lorna, 28 após sair da Guerra da Ucrânia. Porém Tony se apaixonou pela refugiada e decidiu largar a esposa. Com a repercussão do caso, a ucraniana se pronunciou

Resumo da Notícia

  • Um britânico deixou a esposa e foi morar com a refugiada ucraniana que acolheram
  • Segundo ele, os dois se apaixonaram
  • O caso repercutiu o mundo e a refugiada se defendeu dos ataques

Sofiia Karkadym, de 22 anos, foi acolhida pelo casal, Tony Garnett, 29, e Lorna, 28, da Grã-Bretanha, pais de 2 filhos, por alguns dias depois de fugir da Guerra da Ucrânia. O que não era esperado é que Tony e Sofiia se apaixonassem nesse período.

-Publicidade-
Laura O'Sullivan garante que o futuro marido é um homem completamente diferente atualmente
Homem deixa esposa para ficar com refugiada ucraniana e eles são criticados na internet (Foto: Getty Images)

Dez dias depois da chegada da ucraniana à residência, Tony decidiu abandonar sua esposa para viver com a refugiada, conforme informou ao The Sun, e se mudou para a casa dos pais dele com a nova namorada.

Com a divulgação do caso, Sofiia recebeu muitas críticas, assim como Tony e ela resolveu se pronunciar, como informou o site The Mirror. “Finalmente, eu decidi escrever uma publicação sobre os eventos recentes famosos do mundo. A primeira coisa que eu quero dizer é que não roubei ninguém da família. Foi uma decisão pensada e considerada por ele, a decisão de um homem de 29 anos que tem o direito de se apaixonar, tem o direito de ser feliz e em o direito de escolher com quem quer estar”, pontuou.

“A segunda coisa que quero é falar sobre o conceito de imprensa sensacionalista, vocês realmente acham que alguém pode ser raptado de uma família feliz em 10 dias?”, questionou a mulher que culpabilizou o jeito dramático dos noticiários reportarem a história.

Tony deixou a esposa, à esquerda, para ficar com Sofiia, à direita da foto
Tony deixou a esposa, à esquerda, para ficar com Sofiia, à direita da foto (Foto: Reprodução/The Sun)

E ela continuou: “A terceira é, na verdade, provocações da parte da Rússia que a Ucrânia aceitou com prazer. E a quarta – Anthony e eu estamos bem. Portanto, aqueles que me apoiaram desde o começo e sabiam que atrás de qualquer ação há algo real e maravilhoso – obrigada. Ao restante – vocês irão se decepcionar com seus julgamentos”.  Tony também foi ao Instagram defender a mulher: “Quão errado quantos de vocês estão com negatividade com fatos retidos. A verdade será revelada em breve”.

Anteriormente, Sofiia também havia dito que os ataques contra ela eram bobagens e que isso nunca foi planejado, simplesmente aconteceu. Ela ainda contou que a família dela se sente envergonhada pelas atitudes dela.