Homem armado invade castelo da família real com rainha Elizabeth dentro

Ele foi preso pela polícia no local. A monarca estava lá para comemorar o Natal neste sábado, 25 de dezembro

Resumo da Notícia

  • Um homem ultrapassou as grades do castelo de Windsor armado neste sábado, 25 de dezembro
  • Ele foi preso pela polícia local
  • A rainha Elizabeth estava no local para comemorar o Natal

Neste sábado, 25 de dezembro, por volta das 8h30 da manhã, um homem de 19 anos tentou invadir o castelo de Windsor, na Inglaterra, onde estava a rainha Elizabeth II para comemorar o Natal.

-Publicidade-
Rainha Elizabeth passou apenas uma noite no hospital
Um homem ultrapassou os portões do castelo de Windsor armado e foi preso (Foto: reprodução/Instagram/@theroyalfamily)

Ele não chegou a entrar em nenhum prédio e foi preso. Rebecca Mears, superintendente da polícia de Thames Valley disse ao Washington Post: “O homem foi preso por suspeita de violação ou invasão de um local protegido e posse de uma arma ofensiva. Ele permanece na prisão até este momento”.

De acordo com a policial, outros membros da família real foram alertados sobre o incidente, mas ela reforçou que não acredita que esse ato isolado represente perigo ao público.

Essa não é a primeira vez que alguém tenta entrar no castelo. Ainda neste ano, em maio, um casal conseguiu invadir e foi encontrado perto de onde a rainha passeia com os cachorros. Ambos foram presos.

Natal da família real

Neste ano, as celebrações de Natal foram um pouco diferentes na família real. Nem todos os membros puderam se reunir para a ceia. Por conta do aumento de casos de Covid-19 no país e o surgimento da variante Ômicron, Elizabeth passou a data sozinha.

“Sua majestade deseja minimizar qualquer risco para os eventos. Colocar-se, potencialmente, em perigo com uma grande reunião familiar é uma dessas ameaças possíveis”, explicou uma fonte do palácio de Windsor ao jornal britânico Daily Mail.

Kate Middleton e príncipe William comemoraram a data ao lado dos três filhos, George, Charlotte e Louis, e a família de Kate. Já a princesa Anne e o marido, Sir Tim Laurence, também ficaram de fora das comemorações, após o homem testar positivo para a Covid-19.