Homem atira e mata cerca de 3 pessoas em jardim de infância na Rússia

O criminoso matou uma jovem professora e duas alunas nascidas entre os anos de 2016 e 2018. Até o momento, não há informações sobre mais feridos

Resumo da Notícia

  • Um homem abriu fogo contra um jardim de infância em Ulianovsk, localizado no centro da Rússia
  • O atirador matou cerca de três pessoas e, em seguida, cometeu suicídio
  • A polícia ainda investiga sobre a verdadeira causa do crime

Durante esta terça-feira, 26 de abril, um homem começou um tiroteio em um jardim de infância localizado pela região de Ulianovsk, no centro da Rússia. Segundo reportagem do R7 Internacional, ao menos três pessoas foram morta. Em seguida, o atirador cometeu suicídio.

-Publicidade-

“De acordo com informações preliminares, houve tiros em um jardim de infância. Duas crianças foram mortas, uma professora e também o agressor”, afirmou Dmitri Kamal, porta-voz da região de Ulianovsk.

Além disso, ele especificou que, no momento, a idade das crianças não é conhecida. Mas, que provavelmente, elas têm entre 3 a 6 anos – faixa etária dos alunos do jardim de infância.

Cerca de três pessoas morreram no tiroteio realizado no jardim de infância
Cerca de três pessoas morreram no tiroteio realizado no jardim de infância (Foto: Reprodução / Getty Images)

O porta-voz declarou que os investigadores já estão no local da tragédia para descobrir mais informações sobre o caso. Em complemento, as agências de notícias da Rússia disseram que a causa do tiroteio pode ser um conflito familiar. No entanto, essa informação ainda não foi confirmada.

O vice e ex-governador de Ulianovsk, Sergei Morozov, disse à imprensa Ria Novost que uma entre as vítimas, uma era professora e duas crianças nascidas entre os anos de 2016 e 2018.