Homem conta último pedido da esposa grávida que não resistiu à covid-19 após o parto

O casal tem outro dois filhos e a caçula precisou vir ao mundo por meio de um cesárea de emergência pela situação na qual a mãe se encontrava

Resumo da Notícia

  • Homem conta como foi se despedir de esposa grávida que foi vítima da covid-19 após o parto
  • A bebê precisou nascer por meio de uma cesárea de emergência
  • O casal tem outros dois filhos

Luis Bueno perdeu a esposa, Maiara Bueno, de 27 anos, para a covid-19. A mulher estava grávida e não resistiu após dar à luz, no último sábado, 3 de abril. Em entrevista ao G1, Luis relembrou a última conversa que teve com a esposa. “Ela estava muito assustada. Disse que iria morrer e pediu para eu cuidar das crianças”, disse ele.

-Publicidade-
Homem conta como foi se despedir de esposa grávida que foi vítima da covid-19 após o parto (Foto: Getty Images)

Maiara estava no sétimo mês de gestação quando começou a sentir os sintomas da doença. Logo, ela e o marido foram até o Pronto Atendimento da zona norte de Sorocaba, no interior de São Paulo. “O médico pediu alguns exames e receitou remédios para tratar os sintomas. Voltamos no dia seguinte e ele disse que estava tudo bem, mas que iria fazer o exame de Covid, que deu positivo”, relembrou o pai.

Dias depois os sintomas de Maiara persistiram e os dois decidiram voltar ao hospital. Dessa vez, o médico optou por interná-la. Luis  passou a primeira noite com a esposa e, no dia seguinte, precisou voltar para casa. “Ela mandou uma mensagem dizendo que eu não havia me despedido direito. Eu não sabia, mas essa foi a última vez que a vi”, contou ele.

-Publicidade-

Tempos depois, a mãe precisou ser transferida para a Santa Casa, onde passou por uma cesárea de emergência para o nascimento de Luiza. A bebê, que nasceu prematura, precisou ser encaminhada a UTI neonatal. Depois da cesárea, Maiara foi intubada, mas não resistiu.

Hoje, o pai conta que vai fazer o que pode para cumprir a promessa que fez a esposa, de cuidar dos filhos. Além de Luiza, o casal também tem outros dois filhos: Hugo, de sete anos, e Mirela, de um ano e três meses. A mais nova segue no hospital e os médicos acreditam que ela vai precisar ficar internada por mais 30 dias. Apesar do tempo, o pai disse que a garota já está estável e deve melhorar em breve.