Homem é preso por remar por 2 semanas para rever a esposa que não via há 2 anos

Hoang Hung, mora na Tailândia e foi impedido de viajar até a Índia em um bote inflável. Ele a esposa não se viam há quase 2 anos por conta das restrições impostas pela pandemia à viagens internacionais

Resumo da Notícia

  • Homem é preso por remar por 2 semanas para rever a esposa
  • O casal não se via há 2 anos
  • Eles não conseguiram se encontrar antes por conta das restrições da pandemia

Hoang Hung, de 37 anos, que estava com saudades da esposa, tentou remar em um bote inflável por 1.995 km da Tailândia até a Índia para reencontrá-la. Eles não se vêem há quase 2 anos por conta das restrições colocadas durante a pandemia da Covid-19 para viagens internacionais

-Publicidade-

O homem foi preso após ser pego pelas autoridades da marinha tailândesa, próximo das Ilhas Similan. Ele acabou remando por apenas 80 km. O desembarque aconteceu em Phuket, uma ilha tailandesa, até Mumbai, na Índia, onde mora a esposa.

Homem é preso por remar por 2 semanas para rever a esposa que não via há 2 anos
Homem é preso por remar por 2 semanas para rever a esposa que não via há 2 anos (Foto: Reprodução / Facebook / Third Naval Area Command)

De acordo com o site Daily Mail, o marido ficou frustrado por ter ficado tantos dias viajando para não conseguir chegar até seu destino.

Um dos responsáveis pelo resgate do homem, Pichet Songtan, capitão do Centro de Comando de Execução Marítima da Tailândia se pronunciou sobre o assunto. “Entramos em contato com a embaixada vietnamita e indiana, mas ainda não obtivemos resposta”, disse ele.