Homem mata mulher e filha a facadas e depois queima imóvel em Minas Gerais

O suspeito de 44 anos é ex-namorado da mulher, e matou ela e a filha de 12 anos, após incendiar a casa também. Um adolescente e duas crianças, de 3 e 5 anos, foram resgatadas antes que o fogo se alastrasse mais

Resumo da Notícia

  • Um homem de 44 anos matou a ex-namorada e a filha de 12 anos na madrugada da última segunda-feira
  • O caso aconteceu em Divinópolis, Centro-Oeste de Minas Gerais
  • Um adolescente e duas crianças, de 3 e 5 anos, foram resgatadas antes que o fogo se alastrasse mais

Um homem de 44 anos matou a ex-namorada e a filha de 12 anos na madrugada da última segunda-feira, em Divinópolis, Centro-Oeste de Minas Gerais. O corpo da menina foi encontrado carbonizado ao lado de um cachorro que também foi morto pelo incêndio no local.

-Publicidade-

No imóvel, que fica no bairro Padre Eustáquio, ainda estavam um adolescente de 15 anos e duas crianças, de três e cinco anos. As duas foram resgatadas por vizinhos antes que o fogo se alastrasse. O adolescente que também foi atingido por facadas, porém sem gravidade, relatou que o homem, ex-namorado da mãe, invadiu a casa com uma faca, foi até ao quarto da menina, a esfaqueou e depois foi até onde a mãe dormia e também a feriu. Depois, ateou fogo no imóvel, que segundo a PM, ficou totalmente destruído.

Os bombeiros conseguiram salvar o adolescente e duas crianças antes do fogo se alastrar
Os bombeiros conseguiram salvar o adolescente e duas crianças antes do fogo se alastrar (Foto: Reprodução / GettyImages)

O Corpo de Bombeiros esteve no local para controlar o fogo. Quando as equipes encontraram a menina, ela já estava sem vida. A mãe da garota estava em uma área descoberta no fundo do imóvel quando foi achada. Ela foi levada para a Sala Vermelha do Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD) com 50% do corpo queimado, além de vários ferimentos provocados por faca. Ela não resistiu.

O adolescente também foi socorrido até a unidade. Após avaliação médica foi transferido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ele foi atingido no peito e no braço esquerdo. As outras duas crianças não ficaram feridas. A motivação do crime ainda não foi divulgada. A polícia segue as buscas pelo suspeito já identificado. Ele tem passagens por tentativa de homicídio, furto, falsa identidade, roubo e lesão corporal. A PM pede para que, qualquer informação que ajude a encontrá-lo, seja repassada pelo 190.