Homem não quer assistir parto do filho e se explica: “Minha sogra seria muito mais útil”

O usuário do Reddit explicou que sofre com fobia de sangue e tem medo de desmaiar enquando a esposa da à luz. Ele conta que gostaria de estar presente, mas acha que a mãe da mulher ajudaria mais

Resumo da Notícia

  • Um anônimo fez um desabafo no fórum do Reddit sobre a gestação da esposa
  • O homem não quer assistir o momento do parto
  • Ele tem fobia de sangue e não sabe se vai conseguir se manter em pé

Um anônimo fez um desabafo no fórum do Reddit sobre a gestação da esposa: o homem não quer assistir o momento do parto. Segundo ele, esse será o primeiro filho do casal e a mulher já deu o nome dele como acompanhante oficial do momento. O único obstáculo é que ele tem fobia de sangue e não sabe se vai conseguir se manter em pé.

-Publicidade-
O homem tem medo de desmaiar durante o parto (Foto: Getty Images)

“Deixe-me começar dizendo que amo minha esposa e estou muito entusiasmado com o nascimento do nosso bebê. Eu adoraria estar lá para apoiá-la”, começou a dizer o homem. “A questão é que tenho hemofobia ou fobia de sangue. Desde que eu era criança, eu desmaiava ao ver sangue. Vejo sangue, minha pressão diminui e desmaio. Quando cresci ficou tão grave que eu não conseguia nem suportar a visão de sangue na TV.Com o tempo e com terapia, fiquei um pouco melhor, mas não muito”, explicou ele.

Devido a pandemia, um único acompanhante foi liberado para acompanhar o parto. O usuário do fórum disse que a esposa também queria muito que a mãe assistisse, mas por causa das circunstâncias, deu apenas o nome do companheiro. “Acho que sogra seria muito mais útil do que eu”, conta. O maior receio do homem é que ele desmaie durante o parto e deixe a esposa sem nenhuma ajuda.

-Publicidade-
O pai relatou a história em um fórum online (Foto: Getty Images)

“A minha mulher sabe sobre este meu problema, mas ela não sabe exatamente o quão grave é. Feliz ou infelizmente, nunca tive qualquer desmaio na frente dela”, explicou. “No entanto, também me sinto um idiota dizendo a minha esposa que não posso lidar com um pouco de sangue quando é ela quem está passando pelo mais difícil”, finaliza.

Os internautas tentaram ajudar e deram algumas sugestões que ficassem no meio do caminho. “Você pode estar com ela no trabalho de parto por horas e horas antes que o sangue entre nele. É quando ela precisa do seu apoio – a dor, o empurrão e a espera. A parte real do bebê saindo é uma pequena porcentagem do tempo, esteja lá para ela durante o trabalho de parto”, comentou um. “Eu concordo e sou doula. Há horas e horas de trabalho de parto com muito pouco de fluidos corporais. É quando ela mais precisa de você”, concordou outra.

-Publicidade-