Homem paga dívidas dos pais em uma escola que estavam acumuladas em mais de R$14 mil

O colégio havia determinado que não daria mais comida aos alunos até os pais acertarem as mensalidades

Resumo da Notícia

  • Escola determinou que não daria mais de comer aos alunos no período das aulas se os pais não acertassem as dívidas
  • Um homem resolveu quitar todas as mensalidades dos pais para que os alunos não ficassem sem comer
  • O caso viralizou na internet

Um colégio em Penygroes, Gwynedd, havia estabelecido uma regra em que os alunos que não estavam com a mensalidade escolar em dia, não poderiam receber a comida da instituição no período das aulas. Diante dessa situação, o influenciado digital britânico, Simon Harris, fez uma oferta de que pagaria as dívidas dos pais para que as crianças não ficassem sem comer.

-Publicidade-

O caso viralizou na internet após o diretor da escola, Neil Foden, publicar uma carta polêmica, informando que a cozinheira havia sido instruída a não dar comida a nenhuma criança “se a dívida não tiver sido paga”.

Homem quita dívida dos pais em escola
Homem quita dívida dos pais em escola (Foto: Reprodução / Wales Online)

A carta teve um alcance tão grande que chegou ao jogador Marcus Rashford, do Manchester United, da Inglaterra: “A pandemia não nos ensinou nada? Não podemos estar entendendo? Vamos lá…”, escreveu ele em resposta nas redes sociais.

O diretor defendeu a posição: “Não queremos atingir a todos com o mesmo pincel, mas sim, àqueles pais que podem pagar, mas não querem. Portanto, algo tem de ser feito”

A escola definiu um prazo para que as contas fossem acertadas até o dia 19 de novembro. No entanto, Simon quitou toda as dívidas que totalizavam cerca de R$ 14,647 mil.