Hospitais privados do Rio de Janeiro têm ocupação de 90% dos leitos de Covid-19

O município está a 13 dias de entrar na última etapa do plano de flexibilização; diretor da Associação de Hospitais do Estado do Rio de Janeiro relaciona o aumento do número de casos com o feriado de 7 de setembro

Resumo da Notícia

  • A taxa de ocupação de leitos com pacientes infectados pelo Covid-19 chegou a 90% na rede privada do Rio de Janeiro
  • O município está a 13 dias de entrar na última etapa do plano de flexibilização
  • Enquanto isso, no SUS, o percentual de ocupação é de 75%, e nas enfermarias, de 57%

A taxa de ocupação de leitos com pacientes infectados pelo Covid-19 chegou a 90% na rede privada do Rio de Janeiro. O município está a 13 dias de entrar na última etapa do plano de flexibilização – chamada de Fase Conservadora – previsto pelos governantes.

-Publicidade-
A cidade está em processo de flexibilização (Foto: Unsplash)

De acordo com dados fornecidos pelo pediatra e diretor da Associação de Hospitais do Estado do Rio de Janeiro, Graccho Alvim, existem 500 leitos destinados aos cuidados com o coronavírus na rede privada; destes, 450 estão ocupados. Enquanto isso, no SUS, o percentual de ocupação é de 75%, e nas enfermarias, de 57%.

90% dos leitos estão ocupados (Foto: Getty Images)

“Após o feriado de 7 de setembro, começamos a notar um aumento na procura de pacientes com sintoma de Covid-19. Dos leitos ofertados atualmente para Covid-19, a gente está com 90% de ocupação”, afirmou Graccho Alvim em entrevista ao G1.

-Publicidade-

-Publicidade-