Idosa de 110 anos se recupera e recebe alta após ser internada com covid-19

Henriqueta Soares Marques já havia recebido a segunda dose da CoronaVac quando teve a doença. Seus sintomas foram leves e pouco tempo depois da internação ela pôde voltar para casa

Resumo da Notícia

  • Uma idosa de 110 anos se recuperou da covid-19
  • Henriqueta Soares Marques já havia recebido a segunda dose da CoronaVac quando teve a doença
  • Os sintomas foram leves e pouco tempo depois da internação ela pôde voltar para casa

Henriqueta Soares Marques é uma senhora de 110 anos que comemorou mais uma conquista: na última quarta-feira, ela recebeu alta do hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internada após ter sido contaminada pela covid-19. Conhecida como “vovozinha do hospital”, a recuperação de Henriqueta foi comemorada por toda a equipe médica que cuidou dela durante a internação.

-Publicidade-

No final de fevereiro, Henriqueta recebeu a segunda dose da vacina do Instituto Butantan, a CoronaVac, e teve sintomas muito leves após se contaminar com o vírus – o que foi um alívio para a família e uma prova do resultado positivo da vacinação.

“Essa despedida da equipe na saída foi uma surpresa para ela, ela ficou muito emocionada. Foi muito especial”, comentou o neto de Henriqueta, Giancarlo Bonansea. “Ver uma pessoa da idade dela vencer essa batalha é uma mensagem de esperança”, disse em entrevista ao G1.

-Publicidade-
Idosa de 110 anos se recupera da covid-19 (Foto: Reprodução G1 / Arquivo Pessoal)

Mesmo após tomar a segunda dose da vacina e se manter isolada em casa, Henriqueta se contaminou quando a filha de 81 anos precisou sair de casa para se vacinar e, poucos dias depois, começou a apresentar sintomas. As duas moram em apartamentos vizinhos e convivem todos os dias, junto com o genro de Henriqueta.

Na metade de março, Giancarlo resolveu levar os pais para fazer um teste e descobriu que os dois estavam positivados para covid-19. Poucos dias depois, a mãe dele e a avó começaram a apresentar sintomas da doença e uma piora no quadro, o que as levou à internação – logo depois, mais duas pessoas da família precisaram ficar no hospital. “A gente não está preparado para um caso, imagina para quatro de uma vez”, contou.

Henriqueta teve uma recuperação rápida e ficou apenas 12 dias internadas. No entanto, algumas complicações fizeram com que ela fosse internada novamente para tratar das sequelas que a covid-19 deixou – mas nada grave. Logo ela pôde voltar para casa e encher a equipe médica de esperança por dias melhores!