Idosa de 121 anos é ‘descoberta’ em atendimento médico e pode se tornar a pessoa mais velha do mundo

Maria Gomes dos Reis, idosa de 121 anos, pode ser considerada a pessoa mais velha do mundo. Ela mora Bom Jesus da Lapa, no Oeste da Bahia

Resumo da Notícia

  • A Maria Gomes dos Reis tem 121 anos e pode ser considerada a pessoa mais velha do mundo
  • Os médicos 'descobriram' a Maria após ela dar entrada em um hospital da cidade
  • Na certidão de nascimento consta que a idosa nasceu em 1900

Recentemente faleceu a Kane Tanaka, idosa que era considera a pessoa mais velha do mundo, em decorrência dos seus 119 anos. Agora, uma ‘descoberta’ pode atribuir à uma brasileira, o cargo simbólico de pessoa mais velha da Terra. A Maria Gomes dos Reis, precisou do atendimento do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) após passar mal. No entanto, quando os profissionais de saúde olharam um de seus documentos, notaram que a idosa tinha 121 anos. A notícia foi divulgada pela Prefeitura de Bom Jesus da Lapa, no Oeste da Bahia.

-Publicidade-

Segundo apresenta na certidão de nascimento da baiana, ela nasceu em 16 de junho de 1900, no povoado Bela Vista, em Bom Jesus da Lapa, onde mora até hoje. A Maria Gomes dos Reis é aposentada e mora com a neta Célia Cristina, visto que, todos os filhos já faleceram.

Pessoa mais velha do mundo
Certidão de Nascimento da idosa (Foto: Reprodução / TV Oeste)

Em entrevista à TV Globo, a neta de Maria contou sobre os cuidados que tem com a familiar: “Dou comidinha na boca, nós temos que fazer tudo, trocar faldas. A minha vida agora está resumida em cuidar dela (…) Ela criou os netos e bisnetos. Ela que cuidava de tudo. Era bem ativa até pouco tempo, cozinhava, lavava roupas”.

Em complemento, a Célia se mostrou impactada com a informação de que sua avó poderia ser a pessoa mais velha do mundo: ““A idade avançada a gente sabe que ela tem, mas saber que ela é a mais velha do mundo? A gente fica até abismada”, brincou.

Quinta geração

Ao todo, são 13 bisnetos, 6 tataranetos e a família espera que a Maria Gomes veja a 5ª geração crescer. Além da neta Célia Gomes, as bisnetas  Vitória Stefani e Ivanilde Gomes, também cuidam de toda a burocracia em relação ao que a aposentada necessita.

“Sou responsável por ela, porque ela não tem condições de se locomover para fazer prova de vida. Eu que resolvo algumas coisas por ela”, disse Vitória. A familiar também diz que a bisavó ainda conversa com as pessoas, embora ela enfrente as dificuldades do esquecimento: “Ela ainda tem noção de muita coisa, conversa com a gente, as vezes ela esquece quem é, agora que com mais frequência ela não está lembrando”, finalizou Vitória Stefani.

Já Ivanilde falou que foi morar com a Maria quando tinha apenas 6 anos. Em complemento, falou sobre a gratidão pela idosa ter oferecido apoio e educação durante todo esse tempo: “Nunca me faltou nada, e ela sempre falava a seguinte frase, que eu levo para a minha vida: ‘Vai estudar, menina’. Se hoje eu consegui fazer uma graduação foi graças ao incentivo que eu tive da minha bisavó”.