Inglês para crianças: a importância de aprender um segundo idioma para o futuro do seu filho

Desde cedo, o contato com um idioma estrangeiro tem enorme efeito positivo no crescimento intelectual e desenvolvimento das crianças, tanto no presente, quanto no futuro

Resumo da Notícia

  • As crianças têm mais facilidade para aprender outro idioma
  • Entenda a importância do aprendizado de uma segunda língua para o desenvolvimento do seu filho
  • O aprendizado de um novo idioma também vai muito além do desenvolvimento intelectual e mental
  • O Cel.Lep oferece vivências e diferentes cursos para cada faixa etária da infância

Do nascimento até completar 12 anos. Essa é a infância, fase em que as descobertas, aprendizados e experiências são levados para o resto da vida. Não é novidade para ninguém que a habilidade de aprender e assimilar certas informações é maior durante esse período. Os primeiros anos da vida de uma criança são fundamentais para o seu desenvolvimento – só para você ter uma ideia, cerca de 90% das nossas conexões cerebrais são estabelecidas até os 6 anos de idade. Isso porque o cérebro infantil possui maior capacidade de fazer sinapses e organizar conteúdos. Um dos aprendizados que costumam ser estimulados durante esse período é o idioma estrangeiro. A estimulação da segunda ou mais línguas nessa fase possibilita o raciocínio no outro idioma e uma pronúncia mais próxima de um nativo.

-Publicidade-
(Foto: iStock)

Desde cedo, o contato com um idioma estrangeiro tem enorme efeito positivo no crescimento intelectual. “A neurociência já traz vários estudos e constatações sobre como o cérebro bilíngue ajuda no desenvolvimento de uma criança em muitos aspectos além do linguístico. Pessoas que falam mais de uma língua costumam ter o cérebro com mais plasticidade, com melhor qualidade dedutiva e maior potencial para aprender outras coisas. Crianças que são expostas a mais de um idioma têm muito mais facilidade para executar múltiplas tarefas, desenvolver outras capacidades como a de ignorar as distrações e focar, além de demonstrarem maior facilidade para resolver quebra-cabeças mentais que envolvem processos de atenção, planejamento e resolução de problemas”, explica Patricia McKay, Diretora Pedagógica do Cel.Lep, mãe de Jessica, Victoria e Nicholas.

(Foto: iStock)

Diferentemente dos adultos, segundo a especialista, as crianças ainda não desenvolveram algumas estratégias de defesa no momento do aprendizado, como o medo de errar, se arriscar e a vergonha de ser corrigido. “Para ela, o que é importante é se comunicar e para tanto ela se utiliza de todos os recursos que tem”, defende Patricia. “O tempo de exposição ajuda a construir a confiança de experimentar com a língua. As crianças precisam desenvolver sua capacidade de se expressar, seja linguística, artística ou musical. Quanto mais oportunidades de expressão, mais fluência terão para se expressar. A plasticidade do cérebro infantil facilita muito a pronúncia e entoação. As crianças aprendem naturalmente repetindo músicas e histórias que formam a base cultural para aprendizagem futura”, completa Nancy Lake, professora e treinadora do Cel.Lep, mãe de Jonathan e Alexandra.

-Publicidade-

De olho no futuro

O aprendizado de um novo idioma vai muito além do desenvolvimento intelectual e mental. Neste mundo de mudanças cada vez mais velozes, uma das maiores preocupações das famílias é: como preparar os filhos para os desafios da vida? Muito se fala sobre as competências do século XXI. Mas como inserir esse desenvolvimento na rotina em meio ao contexto familiar e escolar atual, principalmente na infância? Afinal, muito do que hoje é fundamental pode tornar-se irrelevante amanhã. E mais do que isso: muitas das profissões, disciplinas e especialidades que serão predominantes no futuro sequer existem!

É tarefa dos pais incentivar esse processo, ao lado da escola, proporcionando conexões que estabeleçam princípios de cidadania global, para o desenvolvimento socioemocional, a educação digital e o plurilinguismo. A importância da conexão entre casa e escola é essencial para o desenvolvimento da criança. Quando se trata de uma segunda língua, os pais também precisam participar do ensino dando suporte ao filho em casa. Ainda que não saiba nada do idioma, você também pode contribuir para a educação dele. Nesse cenário, a criatividade, a imaginação, o raciocínio crítico e a capacidade de navegar em ambientes multiculturais serão mais importantes do que nunca.

(Foto: Getty Images)

O curso Pre-Kids do Cel.Lep, por exemplo, foca na exploração do mundo pela criança e o inglês é usado como meio de comunicação e não como foco do aprendizado. “É uma vivência 100% em inglês. A criança é convidada para viver experiências que ela já tem num contexto monolíngue, só que em inglês. Há muita contação de história, música, jogos, brincadeiras e trabalhos manuais. Esse é um momento muito importante para que a criança se encante com o inglês para que sinta vontade e prazer de continuar a aprender e usar o inglês para o resto da vida”, defende Patricia.

“As crianças têm uma curiosidade natural de aprender. No Cel.Lep, facilitamos o processo de aprendizagem e encorajamos o aprendizado através da experiência. Focamos na importância de gostar de aprender tudo, especialmente uma segunda língua. Como professora, sinto um real engajamento dos alunos e curiosidade além da utilização verdadeira de uma linguagem relevante ao mundo fora da escola. Os alunos procuram a comunicação real para solucionar suas dúvidas”, conta Nancy.

Inovação e tecnologia

O Cel.Lep, escola de idiomas com tecnologia e coding de excelência, oferece vivências e diferentes cursos para cada faixa etária da infância, pensados para desenvolver habilidades e sempre respeitando o processo de desenvolvimento cognitivo e a maturidade do seu filho. “Temos uma equipe pedagógica de desenvolvimento de cursos e treinamento que está constantemente em busca do que há de mais recente no campo do ensino de idiomas, psicologia e neurociência. Somos uma escola que não trabalha somente o conhecimento linguístico. Para se falar uma língua precisamos abarcar culturas e costumes diferentes. Trazemos além da língua o aspecto da comunicação e inserimos isso num contexto relevante e com propósito para que nossos alunos criem seus próprios significados e tenham prazer em aprender”, explica Patricia.

Conheça mais sobre os cursos e vivências do Cel.Lep para crianças de 3 a 12 anos:

Pre-Kids – 3 a 6 anos

Foca na exploração do mundo pela criança. Com atividades interativas como brincadeiras, contação de histórias, música, poesia e experimentos, o inglês é usado como meio de comunicação e não como foco do aprendizado. Uma experiência que motiva as crianças a participar das aulas, criando um alto nível de interesse e permitindo que elas vivenciem o inglês de maneira natural e divertida.

Kids Experience – 7 a 10 anos

Pensado para desenvolver habilidades diversas  respeitando o processo de desenvolvimento cognitivo e a maturidade de cada criança, o Kids Experience incentiva os alunos a trabalharem a aprendizagem e aprimoramento das quatro habilidades da língua inglesa (oralidade, compreensão oral, leitura e escrita) por meio de:

  • Projects for Life:

Com o planejamento e execução de projetos, as aulas estimulam as competências socioemocionais e os alunos aprendem a pensar criticamente e a trabalhar em equipe para resolução de problemas que são relevantes ao contexto onde a criança vive.

  • Logical Thinking and Design:

Com uma vivência 100% em inglês, usando o idioma como ferramenta fundamental de comunicação, as crianças terão novas experiências com assuntos relacionados à tecnologia, utilizando conceitos de pensamento lógico, criação de soluções para problemas diversos e a criação de protótipos de apps  com conceitos de UX (User Experience) como parte do processo.

(Foto: iStock)

Teens Experience – a partir de 11 anos

Em uma fase de transformações, é fundamental entender o valor de assuntos como sociedade, civilidade e sustentabilidade. Por isso, o Teens Experience incentiva o desenvolvimento pessoal de cada aluno através de experiências que demonstram a importância de entender o mundo em que vivemos. Assim, os alunos serão orientados e incentivados a trabalhar a aprendizagem e aprimoramento das quatro habilidades da língua inglesa (oralidade, compreensão oral, leitura e escrita) por meio de:

  • Projects for Life:

Cada aluno pode ser um agente de transformação para um mundo melhor. Por isso, todos são desafiados intelectualmente a usar o pensamento crítico para resolver problemas significativos e relevantes para sua cultura, suas vidas e seu futuro. Com uma programação de planejamento e execução de projetos, o curso coloca em pauta os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da agenda 2030 da ONU.

  • Logical Thinking and Design:

Com uma experiência imersiva, 100% em Inglês, os alunos terão diversas dinâmicas com assuntos relacionados a tecnologia, aprofundando o raciocínio lógico,  discutindo e criando soluções para problemas cotidianos, e trabalhando conceitos como UI (User Interface)  para desenvolver soluções tecnológicas para complementar os projetos desenvolvidos a cada semestre.

Gosto dos cursos e vivências do Cel.Lep? Temos um voucher especial que dá 500 reais de desconto! Clique aqui para fazer o seu cadastro e ler o regulamento completo.

Para saber mais, acesse o site do Cel.Lep para crianças e adolescentes.

-Publicidade-