Intolerância à lactose X APLV: veja as principais diferenças e cuidados que você precisa tomar

As duas condições podem causar confusão, mas são bem diferentes! Por isso, o ideal é procurar um especialista para o diagnóstico certo

Resumo da Notícia

  • É preciso ficar de olho na saúde de toda a família
  • Para o diagnóstico certo, é importante sempre buscar por um especialista
  • Tire as principais dúvidas sobre o assunto

Seu filho já teve sintomas como desconforto, cólica ou gases de forma frequente após ingerir leite ou alimentos derivados? Esses podem ser alguns sinais de que a criança tenha intolerância à lactose ou alergia à proteína do leite de vaca (APLV). Os pais devem ficar atentos e procurar um especialista para o diagnóstico correto.

-Publicidade-
É importante ficar de olho e sempre procurar um especialista quando necessário (Foto: Shutterstock)

Na última terça-feira, dia 20 de outubro, a Pais&Filhos e SupraSoy fizeram uma live especial para tirar todas as dúvidas sobre esse assunto. Na conversa, Andressa Simonini, filha de Branca Helena e Igor, e a nutricionista Dra. Lara Natacci, mãe de Vitor, Bárbara e Júlia, falaram sobre intolerância à lactose, alergia à proteína do leite de vaca e os benefícios da proteína vegetal na nutrição das crianças e imunidade na alimentação da família. 

Apesar de alguns sintomas semelhantes, a intolerância à lactose e a alergia à proteína do leite de vaca têm diferenças. “Lactose é o açúcar presente no leite e nos derivados. A gente tem no nosso organismo uma enzima que é a lactase, responsável pela digestão desse açúcar no nosso intestino. Algumas pessoas não produzem ou produzem a lactase em quantidade menor, essas são as intolerantes à lactose”, começou explicando. A primeira é, portanto, um problema digestivo. Por isso, os sintomas mais comuns são a formação de gases, inchaço, dores abdominais, náuseas, e até diarreias. “É a sensação de que você comeu algo e não digeriu bem”, completa a médica.  

-Publicidade-

Já comentando a segunda condição, ela afirma que é uma manifestação do nosso sistema imunológico a uma substância que ele considera estranha, no caso, a proteína do leite de vaca. “A reação pode ser um pouco exacerbada e a gente pode ter outros problemas no corpo”, diz a especialista. “É uma coisa que deveria fazer parte da alimentação normalmente, mas que nosso sistema imunológico vê como nocivo e aí pode ter reações ruins no corpo, que são os sintomas muito proeminentes no caso da alergia, diferentes dos sintomas da intolerância”. 

Apesar de alguns sintomas serem parecidos, a gente reforça que é importante investigá-los (Foto: iStock)

Quem tem alergia, pode ter sintomas na pele, como erupções, feridas, urticária ou ressecamento. Mas também podem acontecer algumas reações no sistema digestivo, como diarreia, vômito, constipação e refluxo, por isso, muitas vezes acontece a confusão com a intolerância à lactose. 

Lara explica que a alergia costuma se manifestar com mais frequência no primeiro ano de vida das crianças, que ainda não possuem o sistema imunológico do intestino completamente desenvolvido. É normal que a partir dos dois anos, essa condição pare de acontecer. 

Os benefícios da proteína vegetal

A proteína isolada de soja (proteína vegetal) é obtida a partir de um processamento que remove outros componentes, como carboidratos, fibras e fatores antinutricionais. A soja é um alimento que carrega muitos mitos. Mas o grão é muito nutritivo e pode trazer muitos benefícios para a nutrição da sua família, por ser composto por cerca de 30% de carboidratos, 20% de lipídios e 40% de proteínas. 

Só para você ter uma ideia, esse valor é superior ao encontrado em outras fontes, como leguminosas e até mesmo em carnes. No caso de SupraSoy, o principal ingrediente é a proteína isolada da soja, que representa a forma mais pura da proteína de soja, com no mínimo 88% de proteínas. Veja outros benefícios: 

  • Fonte de proteína de alta qualidade; 
  • Fácil digestão e alta saciedade; 
  • Sabor neutro em comparação a outros produtos de soja; 
  • Facilita sua adição a alimentos e ingredientes; 
  • Não contém lactose e nem colesterol.

Bom para a família toda!

As crianças e adultos que sofrem com intolerância à lactose ou APLV precisam tomar muito cuidado com a alimentação, já que o consumo de alimentos com lactose, proteína do leite ou glúten, pode trazer graves consequências. Por ser à base de proteína vegetal, SupraSoy é um alimento completo para dietas com restrição, fornecendo os nutrientes adequados para o crescimento e desenvolvimento saudável, além de contribuir para o metabolismo das crianças, redução de gorduras no sangue e reposição de nutrientes em pessoas que praticam atividades físicas

Assista à live para ver o bate-papo completo com a Dra. Lara Natacci:

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

-Publicidade-