Investigação descobre que mãe assassinou filho recém nascido de forma brutal

O bebê foi encontrado sem vida em um sítio no povoado de Craíbas, em Alagoas, em 2021. Só agora a polícia constatou que a mulher foi a culpada pelo crime

Resumo da Notícia

  • Uma mulher enforcou o filho recém-nascido até a morte
  • Ela negou as acusações e alegou que ele teria morrido devido a problemas clínicos
  • A polícia investigou mais a fundo e constatou que ela mesmo teria cometido o crime

A polícia constatou que uma mãe enforcou o filho recém-nascido até a morte, na segunda-feira, 14 de março. O corpo foi encontrado em um sítio no povoado de Craíbas, em Alagoas, no dia 24 de julho de 2021. A mulher foi indiciada por homicídio.

-Publicidade-
Recém-nascida morre asfixiada após mãe dormir durante amamentação
A mãe enforcou o filho recém-nascido até a morte (Foto: Reprodução/ Getty Images)

De acordo com o delegado Guilherme Iusten, do 62°DP de Craíbas, as investigações apontaram que a causa da morte foi asfixia por enforcamento. O laudo também apontou que havia sangramento nas narinas, ouvido e olho esquerdo da criança.

Em depoimento à Polícia Civil, a mãe da criança, que tem outros filhos menores de idade, negou que tivesse atentado contra a vida do recém-nascido e alegou que ele teria morrido devido a problemas clínicos.

A mulher foi indiciada pela Polícia Civil por homicídio qualificado por ter matado o próprio filho. A pena prevista é de 12 a 30 anos de reclusão.