iPad mais caro do mundo: famílias devem pagar até R$ 30 mil pelo aparelho no Brasil

O levantamento foi feiro pelo Nukeni, site do desenvolvedor japonês Jun Saito. Em outros países o ipad é mais barato

Resumo da Notícia

  • Os produtos da Apple aqui no Brasil são conhecidos pelos preços sempre acima do mercado;
  • No entanto, o novo produto foi além e já ganhou o título de mais caro do mundo;
  • Isso de acordo com levantamento do Nukeni, site do desenvolvedor japonês Jun Saito.

Os produtos da Apple aqui no Brasil são conhecidos pelos preços sempre acima do mercado. No entanto, o novo produto foi além e já ganhou o título de mais caro do mundo. Isso de acordo com levantamento do Nukeni, site do desenvolvedor japonês Jun Saito.

-Publicidade-

Custando quase R$ 30 mil no Brasil, a versão mais completa do iPad Pro de 12,9 polegadas, que oferece conexão 5G e 2 TB de armazenamento, é a mais cara do mundo. O curioso é que o aparelho é mais caro para os brasileiros.

iPad Pro 2021 (Foto: Divulgação/ Apple)

Os lugares onde é mais barato comprar um iPad Pro 2021 na mais avançada configuração são os Estados Unidos (US$ 2,4 mil), Hong Kong (US$ 2,4 mil) e Canadá (US$ 2,5 mil). O levantamento levou em consideração 40 países.

Em comparação, o preço em dólares do novo tablet no Brasil seria equivalente a US$ 5,4 mil. Convertendo em reais, comprar o mesmo iPad nos Estados Unidos seria o equivalente a desembolsar R$ 13,4 mil. Esses valores, portanto, variam diariamente conforme a volatilidade da moeda.

O levantamento leva em conta o valor da moeda, que acaba por influenciar o índice e a tributação dos países – aqueles que tributam mais pesadamente produtos importados de tecnologia, como o Brasil, tendem a ver valores mais elevados do que regiões que têm poucas barreiras de taxas.