Irmã de Amber Heard abre o jogo sobre situação da atriz após perda no tribunal para Johnny Depp

Whitney Henriquez, irmã de Amber Heard, ainda não tinha se pronunciado sobre a decisão judicial do caso envolvendo a atriz e o ex-marido, Johnny Depp

Resumo da Notícia

  • Irmã de Amber Heard fala sobre a decisão do caso envolvendo Johnny Depp
  • Até o momento a modelo ainda não tinha se pronunciado
  • Ela conta que estará sempre ao lado da irmã independente do resultado final

Irmã de Amber Heard, a modelo Whitney Henriquez, colocou tudo pra fora e falou sobre a perda da irmã no caso contra o ator e ex-marido, Johnny Depp.

-Publicidade-

O caso se encerrou no dia 1° de junho, onde o júri disse que Amber difamou o ator no editorial do Washington Post, publicado em 2018, onde a mulher falou ser vítima de relação abusiva.

“Eu ainda estou com você, mocinha. Ontem, hoje e amanhã sempre estarei orgulhosa de você por se defender, por testemunhar tanto aqui na Virgínia quanto no Reino Unido e por ser a voz de tantos que não podem falar sobre as coisas que acontecem a portas fechadas”, escreveu Whitney na conta do Instagram.

A irmã de Amber se pronunciou nas redes (Foto: Reprodução/ Instagram @whitheard)

Ela finalizou o texto: “Sabíamos que esta seria uma batalha difícil e que as cartas estavam contra nós. Mas você se levantou e falou independentemente. Estou muito honrada em testemunhar por você, e faria isso um milhão de vezes porque sei o que vi e porque a verdade está para sempre do seu lado. Sinto muito que isso não tenha se refletido na decisão tomada por este júri, mas nunca vou desistir de você, e nem qualquer um que esteja com você. Para sempre ao seu lado”.

A irmã de Amber já tinha testemunhado contra o ator, onde disse que o mesmo tinha agredido várias vezes Amber no rosto, quando eles eram casados. Ela também disse que o ator queria fazer um acordo para que não fosse revelado o ocorrido.

Conforme relatos da mulher, Johnny estava alcoolizado e a atriz estava acusando ele de traição. Então, Amber disse que Depp culpou ela por traição e chamou ela de “saco de lixo”.

O caso veio à publico desde 2018 (Foto: Reprodução/Instagram)