Irmã de Fiuk conta os planos com o ex-participante do BBB21 ao voltar para casa

Tainá Galvão disse que não imaginava que o irmão viveria o reality show tão intensamente e que acha que ele precisa tirar um tempo para absorver a montanha-russa que foi o programa

Resumo da Notícia

  • Tainá Galvão, irmã de Fiuk, comentou sobre o finalista do BBB 21
  • Ela disse que não imaginava que ele vivenciaria o reality show tão intensamente
  • Tainá também disse que pretende deixar o Fiuk respirar após voltar para casa e absorver a experiência louca

Tainá Galvão, irmã de Fiuk, comentou sobre o finalista do BBB 21, dizendo que ela não imaginava que ele vivenciaria o reality show tão intensamente. “É muita pressão para o nosso lado. Nunca imaginei que para nós, da família, seria tão intenso e louco. Graças a Deus, acabou. Estou muito feliz”, disse a cantora, que assistiu à final em família, em São Paulo.

-Publicidade-

Por mais que muito ansiosa por colocar a conversa em dia com o irmão, ela sabe o quão importante é ele relaxar depois da experiência toda. Ela garante, inclusive, ter avisado a família inteira para não enchê-lo de perguntas. “Já avisei minha mãe e todo mundo para deixá-lo respirar. A gente tem que deixar ele interpretar as coisas da maneira dele, sem ser sugestionado por pessoas que amam ele. Querendo ou não, é um momento em que ainda está fragilizado. Tem que ter esse tempo. Tem que respirar. A gente tem que estar ao lado e dar amor. As conversas vêm na hora certa. As fofocas, óbvio, tudo virão na hora certa”, disse.

Fiuk e a irmã, Tainá Galvão

Depois de participar de uma agenda de compromissos pós-BBB, como a gravação de vários programas entre quarta-feira, 5 de maio e quinta-feira, 6, além da realização de ensaios fotográficos, Fiuk está afastado das redes sociais e seus últimos registros foram fotos ao lado de fãs ao deixar o hotel onde estava hospedado.

A irmã á contou que viveu momentos de aflição, especialmente com as fake news, como a de que Fábio Jr. teria passado mal às vésperas da final por conta de um discurso de Fiuk. “Recentemente saiu que meu pai tinha passado mal, eu li isso e não conseguia falar com ninguém. Foram 10 minutos de pânico para mim. Sabia que meu pai não tinha passado mal por causa daquilo, mas pensava se teria acontecido alguma coisa e ele estivesse internado mesmo”.