Irmão de Marília Mendonça conta como apoio da mãe está sendo importante

Gustavo que é dupla com Dom Vittor lançou uma música em parceria com a falecida cantora Marília Mendonça

Resumo da Notícia

  • Gustavo é irmão da cantora Marília Mendonça
  • O artista tem uma dupla com Dom Vittor
  • Após a morte da cantora Gustavo pensou em desistir da carreira musical

O irmão de Marília Mendonça tem uma dupla com Dom Vittor, e juntos tinham um projeto musical. Porém com a morte da cantora Gustavo se viu desamparado e sem forças para continuar. Mas recentemente ele contou como o apoio da mãe tem sido importante para ele continuar seguindo a carreira.

-Publicidade-

“Nós sonhamos juntos desde o começo. Outra pessoa que também está me dando muita força para continuar, para trabalhar, é a minha mãe. Minha mãe está dando força a todo mundo. Foi ela que chegou em mim e falou: ‘Filho, você tem que continuar. Seja o que Deus quiser, mas você tem que continuar. Você não pode parar. Você não pode deixar que esse sonho que você tinha, que o Dom e que a Marília também tinham, morrer’. Isso me deu bastante força para continuar”, disse Gustavo em entrevista ao R7.

A música “Calculista” foi lançada no dia 3 de dezembro e conta com a participação da cantora. O projeto deveria ser lançado inicialmente no dia 17 de novembro, mas precisou ser adiado após a morte de Marília Mendonça, que aconteceu no dia 5 de novembro, após um avião cair em Minas Gerais.

Irmão de Marília Mendonça lança música inédita gravada com a cantora antes do acidente
Irmão de Marília Mendonça lança música inédita gravada com a cantora antes do acidente (Foto: reprodução Instagram)

Quando o sertanejo cogitou abandonar a carreira, uma das preocupações dele era com o amigo e parceiro de dupla. Dom Vittor, entretanto, afirma que após o acidente aéreo só pensava em como faria para acolher a família da sertaneja. “A primeira coisa que veio a minha cabeça não foi a nossa carreira. Eu pensava no Gustavo e na Ruth. No meu amigo e na minha amiga. Eu estava muito preparado para chegar lá na casa dele e ele me falar que não iria mais cantar. Que ele não queria mais. E eu iria ser o melhor amigo dele.”

De acordo com o parceiro de Gustavo, nos primeiros dias após a morte de Marília Mendonça eles não falaram sobre trabalho. A pausa, segundo o músico, foi fundamental para lidar com a tristeza do momento. “A gente se uniu um milhão de vezes mais. As pessoas que começaram a falar sobre projetos com a gente. E a gente começou a voltar para a nossa realidade de dupla. Queríamos mais tempo para assimilar e entender. Só que a gente não pode deixar a tristeza tomar conta do nosso coração e deixar a nossa verdade de lado.”