Isolamento alternado: como funciona a nova medida que pode durar até 2022

Pesquisadores do Reino Unido estabeleceram um ciclo de como a quarentena deve acontecer enquanto a vacina do coronavírus não for desenvolvida

Resumo da Notícia

  • Especialistas do Reino Unido apresentaram uma nova estratégia para conter a disseminação do coronavírus
  • Segundo a pesquisa, o ideal é que aconteça um revezamento de quarentena e relaxamento social
  • Seriam 50 dias de bloqueio e depois 30 dias de folga
  • Isso aconteceria consecutivamente até 2022
Novo estudo indica que dias de quarentena devem se revezar com relaxamento até 2022 (Foto: Getty Images)

Sabemos que o isolamento social é uma medida importante na prevenção contra o novo coronavírus mas ao mesmo tempo, o mundo todo ainda procura uma solução a longo prazo. Enquanto não houver uma vacina para a doença, acabar com a quarentena pode aumentar muito o contágio.

-Publicidade-

Pensando nessa situação, pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, incentivam que o governo estabeleça um tipo de ciclo de 80 dias para o isolamento. Os especialistas afirmam que isso deve reduzir o número de pessoas infectadas e de mortes pelo Covid-19, aliviando os sistemas de saúde.

Pesquisadores sugerem ciclo de 80 dias de isolamento alternado até 2022 (Foto: Getty Images)

A proposta é de que o bloqueio social aconteça por 50 dias e depois seja seguido de 30 dias de “folga”, para que tudo funcione normalmente. Segundo o estudo, a medida deveria ser implantada até 2022.

-Publicidade-

Para desenvolver essa estratégia de proteção, foram usados dados de 16 países além do Reino Unido. O principal responsável pela ideia, Dr. Rajiv Chowdhury, disse que ela é “efetiva para diminuir as mortes” e que poderia salvar empregos.

 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-