Italiana testa positivo para coronavírus por seis semanas: “Ninguém ficou com a doença por tanto tempo”

Biana Dobroiu não apresenta sintomas do vírus, ela foi hospitalizada com febre alta no dia 28 de fevereiro e recebeu alta em 6 de março com a indicação de ficar isolada em casa

Resumo da Notícia

  • O caso vem intrigando os médicos italianos
  • Biana Dobroiu é modelo e estudante universitária, de 23 anos
  • O infectologista Luciano Attard disse que ninguém mais na Itália obteve resultado positivo por tanto tempo
  • Ela está em casa com a mãe, que testou negativo para a doença,
A modelo inda testa positivo para o novo coronavírus seis semanas  (Foto: Reprodução/ Instagram @dobroiubianca)

Biana Dobroiu, modelo e estudante universitária, de 23 anos, ainda testa positivo para o novo coronavírus seis semanas depois do primeiro diagnóstico. Natural de Bolonha, ela foi hospitalizada com febre alta no dia 28 de fevereiro e recebeu alta em 6 de março com a indicação de ficar isolada em casa.

-Publicidade-

O infectologista Luciano Attard, do hospital Sant’Orsola-Malpighi,  acredita que “ninguém mais na Itália obteve resultado positivo por tanto tempo”, disse em entrevista ao The Mirror.

O último teste para Covid-19 foi feito em Biana na semana passada.”A paciente está bem, mas os testes continuam a dar positivo. Estamos estudando o caso com cuidado. No que nos diz respeito, mais ninguém na Itália deu positivo por tanto tempo. Em geral, os resultados positivos não duram mais de quatro semanas”, afirmou Attard.

-Publicidade-

A modelo não apresenta mais sintomas do vírus, ela está em casa com a mãe, que testou negativo para a doença, e não vê a hora de sair para tomar ar fresco.

-Publicidade-