Janssen: chegam ao Brasil 300 mil doses da vacina contra a covid-19

Na manhã desta quinta-feira, 24 de junho, o avião com 300 mil doses da vacina da Janssen (Johnson & Johnson) chegou ao país com mais uma remessa dos imunizantes

Resumo da Notícia

  • 300 mil doses da vacina da Janssen chegaram hoje ao Brasil
  • O imunizante da Johnson & Johnson possui aplicação em dose única
  • Nesta semana, outra remessa com 1,5 milhão de doses já foram entregues

Nesta quinta-feira, 24 de junho, o Brasil recebeu 300 mil doses da vacina contra a covid-19 da Janssen. Por volta das 07h06 da manhã, o avião com os imunizantes pousou no aeroporto. Na terça-feira, 22 de junho, o país havia recebido uma remessa com 1,5 milhão de doses.

-Publicidade-

Ao contrário das outras vacinas para covid-19, o imunizante da Janssen, feita pela Johnson & Johnson, possui dose única. Segundo o ministro da Saúde, existe a possibilidade da antecipação das doses ainda para esta semana.

No dia 14 de junho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) prorrogou a validade da vacina no Brasil, passando a ser de quatro meses e meio. Os imunizantes recebidos no primeiro lote, irão vencer no dia 8 de agosto. A autorização foi baseada a partir das autoridades sanitárias dos Estados Unidos, que ampliou o prazo de 12 para 18 semanas.

O Brasil recebeu nesta quinta-feira, 24 de junho, 300 mil doses da vacina da Janssen contra a covid-19 (Foto: Freepik)

Até o final de 2021, é previsto em contrato com a Janssen a entrega de 38 milhões de doses da vacina. Em 44 países o imunizante já foi autorizado e faz parte da lista com os sete da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Vale lembrar que o uso emergencial para a vacina da Janssen foi aprovado pela Anvisa em 31 de março, depois da checagem de estudos e documentos. A conclusão dos relatórios mostrou que ela protege contra a forma mais grave da doença e atua na prevenção dos pacientes adultos acima de 18 anos.