Joaquim Lopes relembra período de internação das filhas e fala sobre convívio intenso na pandemia

O ator é pai de Pietra e Sophia e abriu o jogo sobre paternidade e o relacionamento com Marcella Fogaça nesse período

Resumo da Notícia

  • Joaquim Lopes comentou como está sendo a paternidade
  • As filhas gêmeas vieram ao mundo em março deste ano
  • O ator também falou do relacionamento com Marcella Fogaça

Joaquim Lopes comentou sobre essa nova fase na vida, como pai de duas meninas, frutos do relacionamento com a atriz e cantora Marcella Fogaça. Pietra e Sophia nasceram em março deste ano, mas já trouxeram muitos ensinamentos para a família.

-Publicidade-
Joaquim Lopes comentou sobre a chegada das filhas e como está sendo esse período de pandemia com as gêmeas em casa (Foto: Reprodução / Instagram / @lopesjoca)

As gêmeas vieram ao mundo com 32 semanas de vida e precisaram ficar internadas por cerca de um mês após o parto. “Foi um momento bem difícil. Nessas horas que a gente vê onde está a nossa força. Felizmente, deu tudo certo e saímos os quatro ainda mais unidos”, relembra em entrevista para a coluna da Patricia Kogut.

“A partir do instante em que elas chegaram em casa, a nossa vida mudou completamente. Parece clichê falar isso, mas é realmente único. A gente começa a dar menos valor ao que não tem importância e pensar no legado que deixaremos”, explicou o ator na sequência.

Ele também brincou sobre estar dormindo menos e falou que ser pai o fez entender muitas questões dos seus próprios pais. Sobre ser pai durante a pandemia da covid-19, ele também deixou um recado.

“Seria estupidez da minha parte dizer que tem um lado positivo nesta pandemia. O que eu posso dizer é que o fato de estar quarentenado tem permitido absorver cada segundo da paternidade. E a cada dia são milhões de descobertas”.

Joaquim também falou sobre o relacionamento com Marcella nesse período e considerou “muito tranquilo”: “Claro que não é tudo cor-de-rosa o tempo todo, mas eu sempre falei para ela que, além de apaixonado, eu gosto da companhia dela. E isso é fundamental numa relação. Somos parceiros de vida”.