Jogador do Boca Juniors é acusado de tentar atropelar ex-esposa, mãe de seus filhos

Eduardo Toto Salvio é jogador do Boca Juniors, pai de três filhos e ex-marido de Magalí Aravena

Resumo da Notícia

  • Eduardo Toto Salvio é acusado de tentar atropelar a ex-esposa, a Magalí Aravena
  • Em depoimento à polícia, o jogador disse que a mãe de seus filhos teve um ataque de ciúmes quando o vu com outra mulher dentro de um carro
  • No entanto, Magalí afirmou que apenas queria conversar com o jogador

Segundo informações do portal IG Esportes, o atacante Eduardo Toto Salvio, jogador do time Boca Juniors, tentou atropelar a ex-esposa, mãe de seus três filhos. O caso ocorreu na última quinta-feira, 14 de abril, no cruzamento das ruas Azucena Villaflor e Juana Manso – por volta das 00h50. No momento, o atleta está sendo investigado pela polícia. A mulher sofreu um pequeno trauma na perna direita.

-Publicidade-
Jogador do boca juniors tenta atropelar ex-mulher
O Eduardo Toto Salvio é acusado de tentar atropelar a ex-esposa (Foto: Reprodução/IG Esporte)

Segundo o boletim de ocorrência, a Magalí Aravena, ex-esposa do jogador, contou que foi procurar o Eduardo  na casa em que dividiam em Puerto Madero. No entanto, encontrou o ex-marido com outra mulher dentro de um veículo. Ao se deparar com a cena, ela tentou entrar entrar no carro para falar com o jogador do Boca Juniors. Porém, foi neste momento que ele tentou fugir e passou com o carro na perna direta de sua ex-esposa.

À polícia, Magalí disse que o Eduardo Toto Salvio, jogador do time Boca Juniors, tentou atropelar ela.

Conversas no celular

O jornal Olé teve acesso à conversa trocada entre Eduardo e Magalí, durante a madrugada do acidente. Na qual a ex-esposa condena a atitude agressiva tomada por parte do jogador. “Quis matar a mãe dos teus filhos por causa de uma mulher? Eu só queria falar”, disse Magalí.

O atleta respondeu: “Não diga isso, Ma. Sabe que isso é impossível. Nunca aconteceria tal coisa na minha vida. Como é que iria estragar a vida dessa forma”. Em contrapartida, a ex-esposa devolveu: “Foi (com o carro) contra mim por isso subi no capô. Saltei porque ia passar por cima. Está cego? Não sabe quem eu sou?”.

Polícia

Em depoimento à polícia, o Eduardo Salvio disse que a ex-esposa estava tendo um ataque de ciúme. “Gostaria de esclarecer que nos separamos no início de março. Tivemos um jantar em que a separação ficou clara em bons termos. No início, continuamos morando juntos, mas separados, cada um dormia em quartos diferentes com os meninos. Ela finalmente se mudou cerca de 10 dias depois”, disse.

Em finalização, Salvio disse: “No início do vídeo se vê alguém caindo. É ela que, depois de dar três chutes, pulou para trás. Ela pulou, não caiu. Quando ela pulou, eu coloquei a marcha à ré para sair e ela veio correndo em direção ao carro, ao lado da janela traseira do lado direito”.