Johnny Depp e Amber Heard: Júri chega a um veredito do caso que veio ao público em 2018

Os atores começaram o julgamento no dia 11 de abril deste ano e o júri chegou um veredito sobre os casos de difamação civil

Resumo da Notícia

  • O júri chegou a um veredito do caso de Johnny Depp e Amber Heard
  • A brigada dos atores veio a público em 2018
  • A disputa chegou ao tribunal no abril deste ano

Desde 2018, a briga de Johnny Depp e Amber Heard começou a vir a público, mas apenas no dia 11 de abril que a disputa do casal chegou ao tribunal, começando o julgamento. Hoje, dia 1 de junho, os porta-vozes dos atores disseram à CNN o veredito dos casos de difamação civil.

-Publicidade-

Os dois atores foram condenados por difamação no Tribunal do Condado de Fairfax, na Virgínia, Estados Unidos. Johnny Depp deverá pagar US$ 2 milhões para a atriz, enquanto Amber, pagará US$ 15 milhões para ele, considerou o júri.

Johnny Depp e Amber Heard: Júri chega a um veredito do caso que veio ao público em 2018
Johnny Depp e Amber Heard: Júri chega a um veredito do caso que veio ao público em 2018 (Foto: Reprodução/Instagram johnnydeppofficial)

Amber já comentou depois do anúncio do veredito: “A decepção que eu sinto hoje vai além das palavras”. Ela estava no tribunal no momento da decisão, enquanto Johnny estava na Inglaterra, onde vai fazer um show com Jeff Beck, acompanhando a decisão por vídeo.

O ator processou a ex-mulher e pediu US$ 50 milhões acusando ela de difamação pelo artigo publicado pela mulher no “The Washington Post” em 2018, no qual  se descreveu como uma “figura pública que representa abuso doméstico”. Ela não citou Depp no artigo.

Johnny Depp e Amber Heard: Júri chega a um veredito do caso que veio ao público em 2018
Johnny Depp e Amber Heard: Júri chega a um veredito do caso que veio ao público em 2018 (Foto: Reprodução/Instagram)

Amber, respondeu a acusação do ator pedindo US$ 100 milhões afirmando que ela foi difamada por um advogado do ator que denunciou as acusações da atriz como “farsa”. Depp negou as acusações de agressão contra Amber ou qualquer outra mulher. O ator ainda afirmou que ela era a pessoa violenta da relação. Os dois atores afirmaram que as carreiras foram abaladas devido às acusações.