Família

Jornada dupla: descubra quanto seria seu salário se ser mãe fosse um trabalho remunerado

A pesquisa foi publicada pelo jornal britânico The Mirror

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Ser mãe é ter jornada dupla (Foto: Getty Images)

Algumas mães precisam ou querem trabalhar. Cuidar de uma criança e ainda manter um emprego pode e deve ser encarado como uma jornada dupla, para provar isso, uma empresa britânica, ChildCare, fez um cálculo e descobriu quanto as mulheres ganhariam se a maternidade fosse um trabalho remunerado. O valor? Mais que um salário de um engenheiro.

O cálculo foi publicado no jornal The Mirror e mostra que uma mãe ganharia, em média, o valor de 556 mil reais por ano, equivalente a um pouco mais de 56 mil reais por mês. No reino unido, onde a pesquisa foi feita, o valor ultrapassa em 3 vezes o preço pago para alugar um imóvel.

Na conta dos “dias trabalhados” estão inclusas tarefas como: pegar na escola, cozinhar, dar banho, limpar as coisas e ajudar no dever de casa. O fundador da empresa ressaltou a importância do estudo: “Depois de toda essa pesquisa, não fiquei surpreso em ver o quão alto seriam esses salários. Diferente de qualquer outra profissão no mundo, ser mãe é algo constante. Você nunca tem férias e nem pode deixar as responsabilidades no escritório. Espero que essa pesquisa possa colocar em perspectiva o trabalho maravilhoso que essas mães fazem.”

Leia Também: 

Mãe desabafa sobre rotina da maternidade após trabalhar como babá: “Só sei que estou exausta”

Mãe ouve que não pode ter filho e trabalhar e dá resposta poderosa 

Dúvidas e dilemas sobre trabalho e maternidade: Você também tem?